Destaques Geral Local Política

Suparc e Universidade Portuguesa se reúnem para tratar de cooperação para implantação de observatório de PPPs do Piauí

O objetivo seria implementar o primeiro laboratório de estudo e avaliação do impacto de PPPs no Brasil. Como superintendente de Parcerias e Concessões do Piauí e presidente nacional da Rede PPP, Viviane Moura foi convidada pela Universidade Católica em Lisboa para conversar sobre a parceria.

Nesta sexta-feira (03) foi discutida a possibilidade de um memorando de intenções para uma parceria inédita do Estado do Piauí, através da Superintendência de Parcerias e Concessões, e a Universidade Católica Portuguesa, representada pela sua a vice-reitora Prof.ª Dr.ª Margarida Mano e os professores Pedro Neves e Ricardo Reis. Com a parceria, a UCP iria analisar o portfólio de projetos do Piauí para levantar os principais a serem apresentados como cases de estudo e potencial de replicação, observando metodologias, modelagens e resultados alcançados, priorizando a pauta da sustentabilidade e projeto com pessoas em primeiro lugar.

Diante do alcance e resultados promovidos pelo Programa de PPP do Estado do Piauí e seu destaque no cenário brasileiro e internacional, a Universidade Católica Portuguesa convidou Viviane Moura, como superintendente de Parcerias e Concessões do Piauí e presidente nacional da Rede PPP para tratar desse acordo de cooperação para implantação do primeiro observatório e laboratório de avaliação de impacto de PPPs no Brasil.

“Isso é importante para que possamos analisar se de fato estamos no caminho certo, se nossos projetos estão dando resultado e gerando benefícios de fato para as pessoas. Portugal se interessou pelo case do Piauí, a partir do projeto da Nova Ceasa e o reconhecimento da ONU, e busca entender o que estamos fazendo e quais os impactos para que possa replicar no resto do país”, conta Viviane Moura.

Segundo a Universidade Católica Portuguesa, a cooperação com a SUPARC serviria tomar a experiência em PPPs do Piauí numa referência global e como instrumento de financiamento de projetos de infraestrutura em parceria entre privados e Estado para promoção de objetivos de desenvolvimento humano. Isso seria feito através de acompanhamento, monitoramento e promoção de projetos do Estado do Piauí auxiliando a SUPARC na criação e desenvolvimento de um observatório independente de PPPs para realizar avaliação dos impactos econômicos e sociais dos projetos.

Jogo do Poder

Fonte: Suparc