Geral Municipios Política

Sesapi prepara distribuição da vacina Pfizer para municípios do interior do Piauí

Na noite da última quinta-feira (20), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) realizou reunião com representantes de municípios do interior do Piauí a fim de debater sobre a logística para o envio de doses da vacina Pfizer. Até o momento, o imunizante está sendo utilizado apenas na vacinação em Teresina, uma vez que as recomendações de armazenamento só eram supridas na capital.

O encontro na câmara técnica de vacinas reuniu representantes de cidades consideradas elegíveis para receber as doses da vacina Pfizer e realizar a aplicação correta. Entre os critérios levados em conta para escolha dos municípios, estão a densidade populacional; serem sede de regiões de saúde; terem menor porte, mas estarem situados próximos a Teresina.

A diretora de Vigilância em Saúde da Sesapi, Cristiane Moura Fé, explica que também foi considerada a atual logística de distribuição das vacinas. “Nos municípios de menor porte, mas próximos da capital, temos a possibilidade do transporte terrestre, enquanto nos municípios sede de região teremos o transporte aéreo”, justifica.

Os municípios de Floriano, Piripiri, Bom Jesus, Parnaíba, São Raimundo Nonato, Picos, São João da Serra, Campo Maior e Água Branca vão aderir a esse processo.

A Sesapi vai formalizar, nesta sexta-feira (21), em âmbito da Comissão Bipartite, um ad referendum que será encaminhado ao Ministério da Saúde, formalizando a adesão dos nove municípios a este planejamento.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, destaca que haverá uma série de interações junto aos municípios para poder iniciar esse envio das vacinas Pfizer, permitindo assim que as cidades tenham condições completas de empregar as doses na execução da campanha de vacinação contra a Covid-19. “Agora, teremos um processo de capacitação dos nove municípios para que estejam 100% aptos a receber e executar a imunização de sua população com as vacinas da Pfizer. Partiremos da orientação sobre as necessidades e características de estrutura que esses municípios deverão ter para fazer essa adesão. Em seguida, será realizado o treinamento pela equipe da coordenação de imunização e pela equipe do Ministério da Saúde, contando até mesmo com representantes da própria Pfizer. Após toda essa preparação, à medida que o Ministério for enviando as vacinas, os nove municípios, juntamente com a capital, irão receber doses do imunizante para dar seguimento ao PNI (Plano Nacional de Imunização)”, explica o gestor.

Jogo do Poder