Destaques Geral Local Política

PL lança Fábio Abreu como candidato à PMT e critica gestão “enganadora” dos tucanos

“Vamos trazer para Teresina uma administração diferente da que tem aí, que é tacanha, fazendo feijãozinho com arroz, enganando e enrolando o povo de Teresina”, disse o presidente estadual do Partido Liberal, deputado Fábio Xavier, ao lançar oficialmente, nessa quarta-feira, 16, o deputado federal Fábio Abreu como candidato a prefeito de Teresina nas eleições deste ano.

Segundo ele, o partido apresenta um candidato que vem do meio do povo, “um homem simples que criou suas raízes lutando e trabalhando pelo povo do Piauí, principalmente pelo povo de Teresina”.

A convenção, realizada pelo Diretório Municipal do Partido Liberal, também homologou o nome da candidata a vice-prefeita, a pastora Diana Carvalho, indicada pelo Republicanos, além de vários nomes que irão disputar cargo de vereadores na Câmara Municipal de Teresina.

O presidente do Diretório Municipal do PL em Teresina, deputado estadual Coronel Carlos Augusto, disse que a escolha de Fábio Abreu representa Teresina. “Nossa expectativa é eleger alguém que vem das origens da maioria da população de Teresina, alguém que já foi escolhido por Teresina duas vezes como deputado federal mais votado”, lembrou.

Segundo o presidente do PL municipal, o partido deve também eleger dois a quatro vereadores para a Câmara Municipal de Teresina. “Vivemos nesta cidade, amamos esta cidade e convivemos com a maioria dos problemas que vive a população de Teresina. Vamos fazer uma grande composição para governar – e governar bem – os destinos dos teresinenses”, acrescentou o parlamentar.

Quem também participou da convenção foi o deputado estadual Nerinho, do PTB, partido que participa da coligação com o PL para as eleições municipais deste ano. Ele disse que Fábio Abreu tem todas as credenciais para governar Teresina. “Conhecemos o deputado Fábio Abreu há muito tempo”, disse, lembrando que o pré-candidato já foi das fileiras do PTB e saiu do partido pela porta da frente em direção ao PL. Ele salientou que o presidente do seu partido, João Vicente Claudino, tem projeto de governo para Teresina e que será apresentado a Fábio Abreu quando ele assumir a prefeitura da capital.

Em seu discurso, Fábio Abreu disse que seu nome para disputar essas eleições vem da vontade popular. “Eles lá do lado dos diretores nunca pensavam que um homem humilde, de cor negra, sem berço de ouro teria algum dia apoio de peso como os políticos renomados que temos ao nosso lado. Isso só demonstra a vontade e o desejo que o povo tem de mudar esta gestão. Estamos subindo nas pesquisas, e eu ligo isso ao grupo que conseguimos formar e que concordam com a nossa proposta”, disse.

Fábio Abreu ainda fez críticas à gestão do atual prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), que quer colocar Kleber Montezuma como seu sucessor no Palácio da Cidade. O deputado Federal disse que o PSBD comanda a Capital há 30 anos e não tem mais o que acrescentar para a cidade.

“A questão é que Teresina se encontra cansada em vários aspectos, tipo, é uma gestão que há 30 anos comanda Teresina e não tem mais nada novo a apresentar, nenhuma proposta nova ou que venha a resolver os problemas que Teresina tanto precisa, por exemplo, o transporte público, a parte de saneamento básico e uma série de problemas que não eles não apresentam uma solução”, destacou.

Sobre a candidatura a vice

Abreu também frisou que sempre teve conversas com o Republicanos para decidir quem iria compor a chapa com o nome da vice-candidatura. Foram a partir dessas conversas que ele seus aliados sentiram na pessoa da pastora Diana Carvalho o melhor nome para seguirem rumo às eleições municipais.

“Decidimos com muita tranquilidade nossos partidos aliados, fomos muito claros com esses partidos no que se refere a questão de vice, sempre disse que a vice era do republicanos e realmente foi. Na pessoa de Diana sentimos que ela representaria muito bem a classe das mulheres e a área social”, destacou

Ao final da convenção, Fábio Abreu, autoridades estaduais e federais, os pré-candidatos e simpatizantes saíram ecoando gritos de guerra com as frases “Mudança” e “Agora é ele”, ao som da música tema do campeão mundial de automobilismo Ayrton Sena.

Do evento participaram também o ex-senador João Vicente Claudino, deputado estadual Pastor Gessivaldo (Republicanos), ex-deputado federal Mainha e demais pré-candidatos a vereadores pela coligação PL/ Republicano/ PTB/ PMN.

Redação