Destaques Geral Local Política

Montezuma desiste de ação que contestava aluguel da casa de sua ex-mulher à PMT e atendimentos médicos grátis do Dr. Pessoa à população

O candidato a prefeito de Teresina pelo PSDB, Kleber Montezuma, desistiu de ação contra Dr. Pessoa, também candidato à prefeitura da capital pelo MDB no 2º turno um dia após ter dado entrada na Justiça com queixa por comparação feita através de postagem nas redes sociais entre os dois candidatos. O tucano deu entrada na ação nessa quinta-feira, 19, mas nesta sexta-feira, 20, e requereu a desistência da demanda, com sua consequente extinção.

O candidato do PSDB vem insistindo para que a população faça comparações entre os dois candidatos, para concluir que ele, o tucano, tem mais capacidade para governar a cidade do que o candidato da oposição.

Só que na postagem feita nas redes sociais, a comparação ressalta que enquanto Dr. Pessoa é médico voluntário para atender pessoas, Montezuma alugaria sua própria casa e de sua ex-mulher Rita de Cássia, para a prefeitura por preço astronômico.

Na ação em que fora pedida desistência por Kleber, foi destacado texto de publicação em que comparava os últimos 33 anos de vida de cada candidato.

A publicação traça a trajetória de vida de Dr. Pessoa desde 1987, sendo médico com mestrado em saúde da família, especializado em cirurgia, professor, fundador de associação beneficente para atendimentos médicos e teria custeado implantação do segundo grau no município piauiense de Água Branca.


Enquanto isso, seguindo a comparação, desde 1987, Kleber está na prefeitura, tendo tido oportunidade de alterar o quadro da cidade, como no transporte público, que é muito precário, e poderia ter também trabalhado para evitar o desemprego recorde na capital, além ter mudado o quadro de caos na saúde.

Entenda – Estão pipocando nas redes sociais denúncias de que o candidato a prefeito de Teresina pelo PSDB, Kleber Montezuma, aluga residência onde morou, no centro de Teresina, para a Secretaria Municipal de Educação (Semec). No mesmo prédio, funciona a creche Teresa Cristina, cujos aluguéis, desde 2002, somam mais de R$ 1 milhão em nome da ex-mulher de Kleber Montezuma, Rita de Cássia.

De acordo com as postagens, o aluguel custa mensalmente R$ 14 mil, pagos pela Semec, órgão da prefeitura de Teresina e onde Kleber Montezuma ocupava o cargo de secretário antes de sair candidato a prefeito da capital.

Redação