Destaques Geral Local Política

Robert Rios chama Montezuma de “hipócrita” e Fábio Abreu acusa Firmino de esconder dados da Covid-19

O candidato a vice-prefeito na chapa de Dr. Pessoa (MDB), Robert Rios (PSB), falou das críticas do candidato a prefeito pelo PSDB, Kleber Montezuma, acerca da recomendação do Ministério Público Federal (MPF) para a suspensão das atividades de campanha devido ao aumento de casos da Covid-19. Para Robert, existe muita hipocrisia na postura do tucano, pois o atual prefeito Firmino Filho (PSDB) determinou por vários meses a suspensão das atividades comercial e social por conta da pandemia.

“[Prefeitura] fechou toda Teresina, e agora querem fazer campanha. O comércio fecha e para eles, abre. Eles fazem passeatas, carreatas, reuniões, comícios, e o pobre comerciante não pode abrir uma barraca de verdura. São hipócritas”, disparou Rios.

Kleber Montezuma falou, na última sexta-feira (29), que seguirá realizando os atos de campanha seguindo a legislação eleitoral definida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com o candidato tucano, em nenhum outro local é discutido sobre a permissão para se fazer campanhas políticas de forma presencial e ainda acrescentou que a discussão está sendo colocada na corrida ao Palácio da Cidade para favorecer outras candidaturas, referindo-se a Dr. Pessoa (MDB).

Então, o tucano está acusando o MPF de fazer campanha para a oposição.

Fábio Abreu

Já o candidato a prefeito de Teresina pelo PL, Fábio Abreu, disse que após o fim do período eleitoral, o prefeito Firmino Filho vai voltar a destacar novo aumento no número de mortes pelo novo coronavírus, da mesma forma como agiu antes da campanha.

“Depois da eleição vai começar a morrer gente de covid-19? Vão começar a fechar de novo, vai começar o lockdown. Está na cara que do jeito que o prefeito agiu antes da eleição ele vai agir depois. Após a eleição vai aparecer esse perigo. Ainda não ouvi falar nessa barreira de proteção para Covid-19. Acho que aqui vai ser um motivo de estudo também para o resto do mundo. Deve ser o melhor lugar do mundo de se viver e não pegar covid-19”, ironizou.

Comprovação da mortes

De acordo com Fábio Abreu, a Prefeitura de Teresina precisa comprovar, por meio de documentos, os óbitos provocados pela Covid-19. “Isso é crime o que eles estão fazendo hoje com Teresina. Qual argumento de ter permanecido com Teresina fechada, destruindo uma série de setores com o argumento do perigo. Não tinha argumento de dados. Quanto tempo veio para acontecer ocorrer, mortes de pessoas. Quanto tempo Teresina passou fechada. Vejam que os dados foram a base, mas agora de repente não tem dados. Sumiram ocorrências de Covid-19 em Teresina [durante a campanha]. Por isso, vou solicitar oficialmente e vou interpelar judicialmente a Prefeitura para que ela mostre quais são os relatórios de ocorrências de morte”, assinalou. (Com GP1)

Redação