Geral Municipios Política

Prefeitura Municipal de Caxias (MA) vai prestar apoio ao IBGE no Censo Demográfico de 2022

A Prefeitura Municipal de Caxias (MA), dará todo apoio logístico necessário ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), para que o trabalho do Censo Demográfico seja realizado em 2022. Na manhã desta terça-feira (9), foi realizada uma reunião no auditório do Memorial da Balaiada, onde foi formada uma Comissão da Municipalidade que irá colaborar com o trabalho junto ao IBGE. Amanda Gentil, secretária de governo, representou o Prefeito Fábio Gentil na reunião.

“O Censo é o principal levantamento para que possamos entender a população brasileira. E, isso, não só no setor político, mas nas pesquisas científicas trabalhando cada vez mais a nossa população, para que possamos entender quais são as nossas necessidades, as estatísticas e os dados do nosso Brasil. A Prefeitura dará o apoio necessário para que o IBGE realize esse trabalho que é de grande importância”, disse Amanda Gentil, secretária municipal de Governo.

O Censo fará um estudo detalhando em algumas questões que são essenciais para se entender o município, tanto no seu aspecto populacional, quanto em questões educacionais, culturais, dentre outras.

“O IBGE geralmente só fazia censo, zona urbana e zona rural. Desta vez nós vamos fazer um censo nos 35 bairros de Caxias (MA). O censo vai representar: raça, cor, religião, grau de instrução, fecundidade, mortalidade, rendimento de trabalho e idade das pessoas. Aquelas localidades que têm mais de 51 domicílios, em que entre um domicílio e outro da menos do que 50 metros, irão ter um levantamento separado”, destaca Audízio Araújo, chefe da Agência do IBGE.

A Previsão é que o Censo tenha início no dia 1º de junho de 2022. O processo seletivo para a escolha dos 126 agentes censitários supervisores e agentes censitários municipais, está previsto para acontecer em dezembro de 2021. Para os secretários municipais de Meio Ambiente e Defesa Civil, Agricultura, Abastecimento, Pesca e Agronegócio, o Censo pode ajudar ainda mais nesse trabalho de planejamento das políticas públicas municipais.

“São informações muito necessárias para que possamos trabalhar um plano de desenvolvimento da agricultura da nossa cidade. A partir dessas informações vamos zonear as principais áreas agrícolas, e saber como daremos os próximos passos”, lembrou Luciana Soares, secretária municipal de Agricultura, Pesca Abastecimento e Agronegócio de Caxias (MA).

“O Censo é o Fundo de Participação do Município (FPM), ou seja, se não for realizado um censo com toda a estrutura, o município pode perder recurso. Além de faixas territoriais, o Censo possibilita uma imagem real da situação do município tanto na área urbana, quanto na área rural”, frisa Pedro Marinho, secretário municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil.

Jogo do Poder

Fonte: PMC