Destaques Geral Local Política

PMT mantém quatro UBS vacinando contra a gripe no feriado (21)

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), órgão da Prefeitura de Teresina, dá continuidade à primeira etapa de vacinação contra a gripe, que está voltada para crianças entre seis meses e cinco anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), população indígena e trabalhadores da saúde. Mesmo durante o feriado desta quarta-feira (21), Dia de Tiradentes, quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS)estarão abertas para vacinar este público das 7h às 19h.

As UBS de plantão serão as seguintes: UBS Santa Isabel (zona Leste), UBS Renascença (zona Sudeste), UBS Parque Brasil (zona Norte) e UBS Porto Alegre (zona Sul). “Estas são unidades que mantemos abertas todos os dias da semana para atendimento de demandas de saúde em geral, uma em cada zona da cidade. Um dos serviços é a sala de vacina, que estará imunizando contra a gripe”, esclarece Adriana Sávia, coordenadora da campanha.

Ela ressalta que este ano a campanha está dividida em etapas para diferentes públicos. “Neste momento, apenas crianças, gestantes, puérperas, indígenas e trabalhadores da saúde estão sendo vacinados, e nos meses de maio e junho teremos outras etapas que contemplarão os idosos e demais grupos”, esclarece Adriana Sávia.

Segundo Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da FMS, crianças e gestantes são considerados grupos mais suscetíveis às complicações da gripe, que levam a internações e mesmo ao óbito. “As crianças fazem parte do grupo de risco, pois estão em desenvolvimento e o seu sistema imunológico encontra-se em formação. Já as mulheres grávidas e mães no pós-parto ficam com o sistema imunológico enfraquecido, em razão das alterações hormonais e das mudanças no corpo. Quando as gestantes se vacinam contra a gripe, elas protegem também o bebê”, alerta.

Esta vacina protege contra os três tipos de vírus da gripe mais comuns no Brasil: o influenza A H1N1, influenza A H3N2 e influenza B. Amariles Borba afirma ainda que a vacina é segura e protege a população, evitando complicações de saúde e ajudando a reduzir o número de doentes que procuram por Unidades Básicas de Saúde e Hospitais, já bastante demandados por conta da pandemia da Covid-19.

Jogo do Poder