Geral Municipios Política

Fisioterapeutas do Hospital Regional Justino Luz participam de treinamento

A capacitação foi promovida pela Fundação de Serviços Hospitalares junto ao Conselho Regional de Fisioterapia e Terapeutas ocupacionais da 14ª região.

O curso foi ministrado pelo fisioterapeuta Saullo Araújo e abordou protocolos sobre cuidado, a manutenção, estratégias de ventilação mecânica, técnicas de pronação, mobilização precoce e oxigenoterapia. “A Fepiserh preocupada com a atualização dos profissionais no cuidado e tratamento da covid, nos procurou para fazer essa parceria , pois temos uma comissão de capacitação e estamos percorrendo todo Piauí”, destaca Rodrigo Amorim, presidente do Crefito.

Durante a aula prática, os fisioterapeutas participaram e conheceram as técnicas para o uso de Capacetes para Respiração Assistida – Elmo. Um paciente com quadro de insuficiência respiratória, ao utilizar Elmo consegue respirar com auxílio da pressurização e oferta de oxigênio. Isso possibilita uma melhora na respiração e pode ser utilizado fora de leitos de UTI.

A diretora geral do Justino Luz, Samara Sá, avalia positiva a capacitação de atualização dos profissionais do Justino Luz. “A Fepiserh e a Sesapi estão sempre juntas empenhadas para trazer melhorias para o Hospital de Picos, tanto em estrutura, insumos como na capacitação do corpo clínico. O nosso presidente Ítalo Rodrigues tem acompanhado de perto as nossas necessidades e evoluções”, destaca a diretora ao agradecer o superintendente de Gestão de Redes de Média e Alta Complexidade, Auderico Tavares, pela disponibilização do capacete para o treinamento.

“A fisioterapia tem um papel muito importante no tratamento da Covid-19. Em casos moderados, tem evitado que o desconforto respiratório evolua ao ponto do paciente precisar de intubação. Para os pacientes já intubados, os fisioterapeutas também são essenciais para a sua recuperação. No hospital Justino Luz temos uma excelente equipe, que agora passa a ter ainda mais conhecimento técnico com essa capacitação”, destaca Ítalo Rodrigues, presidente da Fepiserh.

(Com CCom)

Jogo do Poder