Geral Local Política

Dr. Pessoa está cercado de muita gente competente, inclusive João Pessoa, filho do prefeito eleito

Fake news vem sendo disseminado com o propósito de desestabilizar a equipe de transição do prefeito eleito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB). A notícia falsa envolve o advogado João Pessoa, filho do prefeito eleito, de que estaria preocupado com as pessoas que fazem parte da equipe de transição, temendo até por um impeachment do pai. Mas o próprio filho do prefeito rechaça essa fake news e acrescenta que Dr. Pessoa conta com gente da maior qualidade ao seu redor. Na verdade, Pessoínha, como é conhecido, vem sendo considerado por toda a equipe como um grande articulador do grupo, um apaziguador e uma das pessoas fundamentais nesse momento pré-gestão de Dr. Pessoa.

A fake news força a barra, ao afirmar que as informações obtidas são de um grupo do qual Pessoínha faz parte no WhtsApp (mas não dá mais detalhes sobre esse grupo). Diz a fake, que o filho teria desabafado dizendo que o prefeito eleito é refém do grupo que acompanha Dr. Pessoa, citando o ex-ministro João Henrique Sousa, coordenador da equipe de transição, e o vice-prefeito eleito, Robert Rios.

Para algumas pessoas da equipe de transição, isso não faz o menor sentido, pois tanto o ex-ministro como o vice-prefeito têm todo o respeito de Pessoínha e de todos que fazem parte da equipe de transição, pela experiência, sabedoria e fidelidade ao prefeito eleito.

João Pessoa reconhece a importância de Robert Rios na futura gestão como secretário de Finanças, fiscalizando cada centavo de despesa, depois de uma farra de 30 anos. Disse ainda João Pessoa, que o ex-ministro João Henrique, por sua organização impecável e por sua experiência vai conduzir a pasta de Planejamento perfeitamente.

Acrescenta João Pessoa que o vereador reeleito Jeová Alencar foi um guerreiro na campanha, bem como o vereador reeleito Zé Nito, “outro guerreiro”, e todos eles terão espaços na futura administração. Ressalta Pessoínha que o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho (MDB), também terá espaço na gestão, por sua articulação política.

O que João Pessoa busca, segundo ele mesmo, é está ao lado do pai para ajudar no que for preciso.

A edição que soltou a notícia falsa não teve a preocupação de procurar ouvir as pessoas envolvidas, e nem mesmo o próprio João Pessoa. Soltou uma informação que teria vazado de um grupo de WhatsApp, mas não procurou conferir a veracidade da informação. Descobre-se agora que por trás dessa fake news navega alguém que fez campanha ostensiva contra Dr. Pessoa em suas redes sociais e que também fez postes agressivos contra membros que integravam a campanha de Dr. Pessoa na campanha para a Prefeitura de Teresina.

Redação