Destaques Geral Local Política

Secretaria da Mulher abre inscrições para o Serviço Florescer

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas Para Mulheres (SMPM) abriu as inscrições para o Serviço de atendimento às mulheres e crianças em situação de vulnerabilidade em todas as unidades florescer. Ao todo, são três unidades: Florescer Norte, Florescer Sudeste e Florescer Salobro, na Zona Rural de Teresina.

O serviço acolhe mulheres e crianças de um a dois anos e 11 meses, bem como, disponibiliza um total de 280 vagas para as crianças. Ao todo, são 100 vagas na unidade da zona Sudeste, 100 na zona rural e 80 vagas na zona Norte. As inscrições já iniciaram e seguem até o preenchimento das vagas. Com o enfoque no gênero feminino, o serviço não tem limite de vagas para mulheres e podem ser realizadas durante todo o ano.

A Secretária de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), Karla Berger, enfatizou que o serviço tem como objetivo no ano 2022 um maior número de atividades integrativas para mulheres. Um dos objetivos do serviço é a inserção no mercado de trabalho, empoderamento e autonomia financeira.

“Após a reformulação feita pela nova gestão, através do Dr. Pessoa, o serviço passou a ter como foco o gênero feminino e pretende atender o máximo de mulheres possível no ano de 2022.” pontua Karla. “Para o ano de 2022, estamos planejando muitas atividades para nossas mulheres, com cursos de qualificação profissional, grupos reflexivos e rodas de diálogo” , explica Karla.

Ainda no ano de 2022, a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para mulheres, juntamente com a prefeitura de Teresina, almeja ampliar o serviço na região Norte, ampliando o espaço para mulheres e crianças – tendo em vista que o local possui o maior público da capital. Além disso, até o final de janeiro deste ano, será inaugurado um novo Florescer, no bairro Promorar, zona Sul de Teresina.

“Esse novo espaço vai poder beneficiar as mulheres da zona sul e adjacências”, destaca a secretária Karla. “Com ele, poderemos alcançar mais mulheres que estão em situação de vulnerabilidade na nossa capital. Ao todo, já temos mais de 300 mulheres beneficiadas em toda a Teresina pelo Florescer”, finaliza.

 

Fonte: SMPM