Destaques Geral Local Política

Reunião histórica – Wellington Dias, Wilson Martins, Robert Rios e lideranças nacionais selam aliança entre PT e PSB

O encontro, em resumo, além de sedimentar a união entre o PT e o PSB no território piauiense, simboliza o início de uma frente ampla nacional que tem alicerce nessas duas siglas partidárias

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), costura alianças político-administrativas e se fortalece no comando das decisões que escoarão em cenário amplamente favorável para suas bases nas eleições de 2022. Uma reaproximação histórica ocorreu na manhã desta quinta-feira, 15, com um encontro local, regional e nacional que se destacou pela presença do ex-governador do Piauí Wilson Martins e do vice-prefeito de Teresina, Robert Rios, ambos do PSB, que depois de aliados se tornaram antagonistas do gestor petista, mas que agora voltam a somar forças na política piauiense.

Para tornar mais sólida essa união, da reunião, que foi presencial e virtual, participaram ainda o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, que é vice-presidente nacional do PSB, e o presidente nacional da agremiação, Carlos Siqueira. O encontro, em resumo, além de sedimentar a união entre o PT e o PSB no território piauiense, simboliza o início de uma frente ampla nacional que tem alicerce nessas duas siglas partidárias.

Como não poderia deixar de ser, o governador Wellington Dias comemorou. Segundo ele, em relação ao Piauí, essa aliança tem como objetivo promover a integração entre os dois partidos em prol do desenvolvimento do estado. “Unir forças e experiências para o desenvolvimento do nosso estado. O PSB tem líderes destacados e ficamos muito felizes com essa retomada da aliança”, assinalou o petista.

Por sua vez, o ex-governador Wilson Martins, que é o presidente estadual do PSB, lembrou que já trilhou “linda” caminhada ao lado de Wellington Dias. “Construímos muitas coisas pro estado. Estamos com toda à disposição pra ajudar na gestão com nossa experiência. Vamos ajudar a construir um Piaui melhor. Não tenho dificuldade em reconstruir esse caminho, porque Wellington Dias sempre foi pacato e respeitador”, pontuou.

O vice-prefeito de Teresina, Robert Rios, recordou que já foi secretário de Wellington Dias em duas oportunidades e disse ter certeza de que a contribuição do PSB será muito forte na gestão petista.

O governador de Penambuco, Paulo Câmara, falou da sua alegria em presenciar essa reaproximação do PSB no Piaui com o governador Wellington Dias. “O governador Wellington Dias é um grande líder regional e nacional. Tem feito um trabalho muito importante à frente da luta pela vacina no país”, assinalou.

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, revelou que a reunião se constituia de grande importância em âmbito nacional. “Já tivemos juntos em várias ocasiões, e esse retorno nos deixa muito felizes. É uma aliança em benefício dos nossos estados e do nosso país”, finalizou.

Redação Jogo do Poder