Destaques Geral Local Política

Representantes da Prefeitura de Teresina e do Governo do Estado traçam estratégias para investimentos na capital

Nesta terça-feira (30), a Prefeitura de Teresina, representada por uma comissão formada por servidores da Secretaria Executiva de Planejamento Estratégico e Gestão (Seplag), vinculada à Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), se reuniu com a equipe da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), para discutir o orçamento referente ao Projeto da Lei Orçamentária Anual do Estado para o exercício financeiro de 2022 (PLOA).

A equipe foi recebida na sede da Seplan (PI) pela secretaria da pasta estadual Rejane Tavares. A secretária de planejamento estratégico, Kárita Allen e equipe técnica discutiram sobre os investimentos de verbas que serão repassados ao município, buscando alinhar um direcionamento ainda mais assertivo para esses recursos. O PLOA 2022 ainda está em discussão e votação no plenário da Alepi até o final do ano legislativo. Depois de aprovado, será encaminhado ao Governador para sanção da lei.

Dentre outras pautas abordadas na reunião, foram elencadas as prioridades da Prefeitura de Teresina referentes aos dados do Teresinense Participativo, site que foi desenvolvido com o objetivo de acolher as demandas dos cidadãos teresinenses na construção do Plano Plurianual (2022-2025). O desenvolvimento da estrutura urbana é uma da prioridade da PPA (2022-2025).

“Reuniões como essa são importantes para que nós da gestão municipal e estadual estejamos alinhados no que diz respeito às demandas da população em geral, trouxemos pontos que foram solicitados pelos próprios teresinenses para mesa para que fique claro que nossa gestão trabalha compromissada com melhorias na capital” explica, Kárita Allen, Secretária Executiva de Planejamento Estratégico do município de Teresina.

O projeto da Lei Orçamentária Anual para o exercício financeiro de 2022 (PLOA) foi apresentado ainda neste mês de novembro, em audiência pública na Comissão de Fiscalização e Controle, Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI), mediada pelo deputado Henrique Pires (MDB), relator do Orçamento. A audiência teve como objetivo tratar de pontos referentes ao orçamento de todo o Estado e, em especial, solicitadas informações sobre obras e demais investimentos prioritários com recursos do Estado para Teresina.

“É muito importante o relacionamento e esse alinhamento entre Município e Estado. É sempre positivo ouvir as equipes dos municípios e receber uma sugestão e ideias a serem aplicadas. Dessa forma, conseguimos direcionar de forma ainda mais assertiva os recursos do Estado. Temos um amadurecimento muito grande nessa discussão e estamos disponíveis para que possamos trabalhar juntos”, explicou Rejane Tavares, Secretária Estadual de Planejamento.

O orçamento estadual para o próximo ano será de R$ 14,6 bilhões, com crescimento de 4,6% em relação ao projetado para 2021 e está pautado na conjuntura econômica e social do Estado, em que as prioridades foram definidas a partir das crises econômica, sanitária e política que o Brasil está vivendo. As áreas de Assistência Social, Saúde, Educação e Segurança tiveram os maiores crescimentos.

Ainda durante o encontro, foi firmado o compromisso de parceria entre município e estado para demandas que precisam ser discutidas de forma minuciosa para melhor atender o cidadão teresinense, fortalecendo assim, as políticas públicas compartilhadas entre os dois entes para 2022.

Jogo do Poder

Fonte: Semcom