Destaques Geral Local Política

Piauí iniciará vacinação dos idosos de 60 a 64 anos; novo lote de vacina chega nessa sexta (16)

Um novo lote de vacinas contra Covid-19, que chegará ao Piauí nessa sexta-feira (16), vai permitir que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) dê início à vacinação dos idosos de 60 a 64 anos. De acordo com a Sesapi, o Estado deve receber 87 mil doses, das quais 34 mil são da Coronavac, e 53 mil, da Astrazeneca.

As doses serão usadas para imunizar o público de 60 a 64 anos; de 65 a 69 anos; trabalhadores de saúde e Forças de Segurança, informa a Sesapi.

Coronavac

Com as 34 mil doses da Coronavac, o Piauí destinará as vacinas para:

. segunda dose em 2% dos trabalhadores da saúde;
. segunda dose de 23% do público de 65 a 69 anos;
. primeira dose de 3% dos trabalhadores da saúde;
. primeira dose de 6% dos trabalhadores das Forças Armadas e Segurança;
. primeira dose de 1,9% das pessoas de 60 a 64 anos.

Astrazeneca

As 53 mil doses da Astrazeneca serão para:

. primeira dose de 46% das pessoas de 65 a 69 anos;
. primeira dose de 0,5% dos idosos de 60 a 64 anos.

O secretário de Saúde, Florentino Neto, ressalta que os protocolos sanitários devem ser respeitados, mesmo com a campanha de vacinação. “Não devemos relaxar nos cuidados, porque seguir os protocolos salva vidas”, diz o gestor.

O governador Wellington Dias reforça que as pessoas precisam tomar a vacina. “É a nossa melhor chance de sair dessa pandemia”, afirma.

Pacientes renais

Nesta quarta (14), cerca de mil pacientes renais crônicos começaram a receber vacinação contra a Covid-19 em Teresina. A informação foi divulgada nesta manhã pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), que organizou o cronograma em parceria com as clínicas que acompanham estes pacientes.

Pacientes renais crônicos são aqueles que necessitam realizar procedimento de hemodiálise regularmente. Por isso, a FMS articulou com os seis estabelecimentos públicos e privados que realizam esse procedimento em Teresina para montar uma programação, com dias e horários determinados por local. “A organização teve como base as listas com relações nominais disponibilizadas pelas clínicas”, explica Emanuelle Dias, coordenadora de vacinação contra a Covid-19 da FMS.

Os estabelecimentos também se responsabilizaram por informar e encaminhar os pacientes de acordo com o dia e horário estabelecido. A ação irá se estender até o dia 23 de abril (sexta-feira), sempre das 8h às 17h. “A previsão é que aproximadamente 1.071 pacientes sejam imunizados”, estima Emanuelle Dias.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, ressaltou a importância da vacinação do grupo dos doentes renais crônicos, grupo que é mais afetado pela Covid por ser uma doença que traz muitas complicações, especialmente nos rins. “Agora que eles foram incluídos e que as doses chegaram para a gente administrar, nos traz uma satisfação muito grande, pois sabemos que um grupo desse tão vulnerável estará protegido a partir de agora”, disse o gestor. (Com Cidade Verde/ Jogo do Poder)

Redação Jogo do Poder