Destaques Geral Local Política

Para Robert Rios, o povo é soberano para fazer a melhor escolha

Sobre alianças políticas para o segundo turno das eleições municipais deste ano em Teresina, o candidato a vice-prefeito na chapa de Dr. Pessoa (MDB), Robert Rios, avalia que o povo é soberano para fazer a melhor escolha, não sendo necessário, portanto, que se suje as mãos para tentar agregar aliados e nem é preciso liderança partidária ou partidos tentando fazer a cabeça do eleitor.

De acordo com Robert Rios, se tiver que perder, a oposição vai perder com dignidade, mas com as mãos limpas. “Ganhar sujando as mãos, não faremos […] Eu quero todos os votos liberados, para que o povo escolha livremente. Não precisa estar nenhuma liderança política em cima do povo. O povo que escolha livremente. Se o povo achar que o melhor projeto é o do Ciro Nogueira, que vote no Kleber Montezuma. Se o povo achar que o projeto do Dr. Pessoa e Robert é o melhor, nós estamos aqui de braços abertos”, disse Rios sobre o segundo turno.

Sobre a possível gestão de Dr. Pessoa na prefeitura a partir de 2021, Robert Rios disse: “Não vai mandar na prefeitura nem o Robert Rios, nem Wilson Martins, nem o Ciro Nogueira, nem Wellington Dias, nem o Themístocles (deputado Themístocles Filho) e nem o Pessoa. Quem vai mandar é o povo de Teresina, Teresina vai voltar a ser governada pelo povo”, assinalou o candidato a vice.

Para o Dr. Pessoa, candidato a prefeito, a eleição não é um vale-tudo e acredita que as verdadeiras oposições contra esse modelo de 40 anos vão marchar juntas para a vitória de um modelo diferente, que tem como prioridade entregar a gestão para o povo. Segundo ele, o gestor da prefeitura será o povo, através do diálogo e levando em conta as reais necessidades da população teresinense.

Redação