Geral Internacionais Política

‘Estamos preparados’ para a ômicron, não é como em março de 2020, diz Biden

O presidente americano, Joe Biden, assegurou nesta terça-feira (21) que os Estados Unidos estão “preparados” para a variante ômicron do coronavírus e repetiu que não há motivos para alarme, pelo menos para os americanos vacinados.

“Todos deveríamos estar preocupados com a ômicron, mas não alarmados”, disse em discurso na Casa Branca, transmitido pela televisão. “Isto não é março de 2020”, acrescentou. “Duzentas milhões de pessoas estão completamente vacinadas. Estamos preparados, sabemos mais. Só temos que continuar focados”.

No pronunciamento, Biden reforçou o apelo para a vacinação de crianças e da aplicação da dose de reforço contra a covid-19 para o público que já está apto à recebê-la.

O presidente americano também anunciou um esforço para aumentar a imunização e a testagem da população. Segundo ele, 10 mil novos postos de testagem serão abertos no país para se somar aos 80 mil que já existem.

“Se a ômicron se espalha rapidamente entre os não vacinados, é fundamental que a gente saiba quem está infectado”, afirmou Biden. “Pensando nisso, não estamos onde deveríamos estar. Nós aumentamos a produção de testes, gastamos US$ 3 bilhões para isso e estamos disponibilizando online novos testes [gratuitos]”, anunciou.

Biden afirmou que o governo federal vai comprar 500 milhões de testes rápidos para serem feitos em casa, que serão fornecidos para os americanos a partir de janeiro.

“Hoje, estou ordenando ao governo federal que adquira meio bilhão de testes rápidos adicionais para serem feitos em casa, com entrega a partir de janeiro. Enviaremos esses testes para os americanos gratuitamente – e teremos um site onde você poderá obtê-los em sua casa”, escreveu, no Twitter.

Fonte: AFP