Destaques Geral Local Política

Wellington trata com o Fida sobre operação de crédito para o Piauí

O financiamento vai permitir a criação de barragens nos rios da região do semiárido para acumular água para o período de seca.

O governador Wellington Dias se reuniu, por videoconferência, nesta quinta-feira (6), com a secretária de Estado do Planejamento, Rejane Tavares, e representantes do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), instituição parceira do Piauí em projetos importantes como o Viva o Semiárido e Projeto de Geração de Emprego e Renda (Progere).

Na reunião, foi discutido um projeto de criação de barragens nos rios da região do semiárido para acumular água para o período de seca. “Temos uma operação de crédito com o Fida, que é um fundo vinculado à Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), social e ambiental e tem por objetivo garantir que tenhamos, por exemplo, um conjunto de pequenas barragens nos rios do semiárido. Já temos exemplos bem-sucedidos, como a Barragem do Marrecas e do Rio Piauí, a ideia é ter sucessivos barramentos que, no período chuvoso, acumulam água e no período mais seco soltamos a água das barragens”, explicou Wellington Dias.

O projeto atenderá tanto às necessidades do meio ambiente como dos agricultores. “As barragens também terão a função de garantir a umidade do semiárido suficiente para recuperar mata ciliar e ajuda a repor o lençol freático, além de permitir a produção da população ribeirinha, voltada a trabalhar com irrigação, com reflorestamento e agricultura. Vamos aprofundar a calha dos rios em alguns pontos para a piscicultura e permitir o abastecimento necessário de povoados, assentamentos e cidades à margem desses rios. É um projeto que tem uma parte que é operação de crédito e outra é do Fundo Mundial do Clima, ou seja, uma compensação ambiental com o nosso estado”, ressaltou governador.

Wellington frisou que o projeto será modelo para outros estados do Nordeste. “Esse projeto é um modelo, um parâmetro para um projeto maior com os estados do Nordeste na Câmara Técnica da Agricultura Familiar e do Meio Ambiente, no qual, nesta sexta-feira (7), teremos uma agenda já para aprovação do projeto da Câmara Técnica da Agricultura Familiar e instalação desse grupo de trabalho para completar o projeto nessa área ambiental”, afirmou Dias. (CCom)

Jogo do Poder