Destaques Geral Local Política

Wellington Dias e Dr. Pessoa somam esforços contra a pandemia da Covid-19

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), e o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), ao participarem de reunião do Encontro com a Frente Nacional de Prefeitos, para a formação do Consórcio Conectar com municípios brasileiros para a compra de vacina, simbolizam união de esforços para o enfrentamento da pandemia da Covid-19 na capital e no estado. A reunião, por videoconferência, ocorrida nessa segunda-feira, 22, foi comandada pelo ex-prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette.

Segundo o governador Wellington Dias, os municípios unidos estabeleceram condições para compra de vacinas a fim de, assim, ampliar vacinação dos brasileiros. “É a criação de um consórcio, a exemplo do que ocorre com o Consórcio Nordeste”, exemplificou Dias.

No encontro, o governador falou sobrea exitosa experiência do Consórcio Nordeste, que resultou na aquisição de 37 milhões de doses da vacina Sputnik V, com o Fundo do Soberano Russo, e a tratativa com o Ministério da Saúde para recompra da vacina, como ocorre com o Instituto Butantan, em São Paulo.

Com a união de municípios, será possível comprar vacinas e medicamentos em larga escala, reduzindo o preço e evitando compras pulverizadas e a possível judicialização. O Consórcio Conectar conta com 2.598 mil municípios interessados, sendo 25 capitais e 1.733 municípios que já aprovaram a Lei que autoriza o ingresso no consórcio.

“Hoje participamos de mais uma reunião do consórcio de prefeitos para aquisição de vacinas conta o coronavírus, e desta vez contou inclusive com a presença do governador Wellington Dias. Como prefeito de Teresina, fico feliz em ver que estamos avançando no diálogo e na união dos entes federados na busca pela imunização coletiva. Ainda precisamos avançar muito, mas vamos avançar”, disse o prefeito Dr. Pessoa.

Para o prefeito de Teresina, a população também precisa fazer a sua parte, obedecendo às medidas de distanciamento social e as medidas sanitárias recomendadas pelas autoridades em saúde. Segundo Dr. Pessoa, além da vacina, a única forma de conter o avanço dessa pandemia é a união de todos em torno da prevenção.

Redação