Destaques Geral Local Política

Wellington Dias afirma que vacinação de adolescentes vai avançar para retorno seguro das aulas presenciais

Estudantes do Piauí estão sendo imunizados contra Covid-19, e a vacinação reforça o retorno seguro às aulas presenciais, como afirma o governador Wellington Dias. Na cidade de Porto do Piauí, por exemplo,  estudantes da faixa etária dos 14 aos 16 anos de idade foram imunizados essa semana com a 1ª dose da vacina da farmacêutica Pfizer. Os alunos do Centro Estadual de Tempo Integral Otávio Falcão estão entre os 300 jovens vacinados no município.

O secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, destaca que no mês de junho desse ano teve início o processo de vacinação dos profissionais de educação. Já entre junho e julho a vacinação avançou bastante. “Iniciamos o mês de agosto com mais de 76 mil profissionais da educação do Piauí com o processo de imunização iniciado, pelo menos com a primeira dose ou até, em alguns casos, já com a segunda dose ou com a vacina única. Isso criou um clima de confiança maior no ambiente educacional e também nos números que nos dão mais segurança no retorno ao ambiente escolar”, relata.

O secretário reforça que a pandemia ainda não acabou e dessa forma é necessário manter todos os cuidados de prevenção a Covid-19.  “Hoje o COE liberou o ambiente escolar mediante uma estratégia de rodízio, de movimento híbrido, isso é, levando uma parte menor de estudantes e profissionais para o ambiente da escola. Com certeza, avançando na vacinação dos alunos, fecharemos esse ciclo entre profissionais da educação e estudantes. Esperamos que entre outubro e novembro já tenhamos um número bem maior da comunidade estudantil dentro do ambiente escolar, que é o local correto de se fazer educação”, completa o secretário da Educação.

O governador Wellington Dias ressalta que o Piauí deve avançar na vacinação de crianças e adolescentes até os 12 anos de idade, o que trará ainda mais segurança ao retorno presencial das aulas.

“Nossa missão de proteger crianças e adolescentes. A ciência diz que é possível vaciná-las, dentro do público de 17 anos até 12 anos de idade, dentre eles pessoas com deficiências e com comorbidades. Então, nosso objetivo é garantir segurança para todos. Atualmente, já contamos com 51 municípios que completaram a vacinação para maiores de 18 anos”, finaliza o governador.

Piauí manterá vacina a menores de 18 anos, reforça governador

O governador Wellington Dias, que também é presidente do Consórcio Nordeste e coordenador do tema vacina do Fórum do Governadores do Brasil, afirmou, na noite dessa quinta- feira (16), após reunião com o Consórcio Nordeste e líderes do Congresso Nacional, que o “Estado do Piauí vai continuar seguindo a ciência e dando a continuidade da vacinação abaixo dos 18 anos até 12 anos, seguindo uma ordem prioritária”. Essa deve ser a atitude tomada pelos demais estados do Nordeste.

“Queremos proteger nossas crianças e adolescentes e vamos vacinar com seguranças científica com a vacina Pfizer. O objetivo é salvar vidas é proteger contra o coronavírus e suas variantes ”, disse Wellington Dias.

O chefe do Executivo piauiense relatou que não é razoável e que chega a ser incompreensível a nota técnica do Ministério da Saúde limitando a vacinação a esse público. “Nós tomamos uma decisão de seguir a orientação da ciência e, seguindo a ciência, a própria Organização Mundial da Saúde, o Comitê de Cientistas Nordeste, integrado com o Brasil, estamos trabalhando para fazer a vacinação abaixo de 18 anos. É claro, primeira dose, segunda dose, mas também um cuidado especial com nossas crianças e adolescentes. Assim vamos começar por aqueles de 17 anos que têm uma deficiência permanente e ainda em seguida quem têm comorbidades, mulheres adolescentes grávidas, até completar todos com mais de 12 anos vacinados. Salvar vidas segue sendo nossa prioridade”, declarou Wellington Dias.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Florentino Neto, o Consórcio Nordeste decidiu ouvir o Comitê Científico, que recomendou que os governadores procedam com a vacinação contra a Covid-19. “Após a vacinação das prioridades deste grupo, vamos aplicar as doses nos adolescentes em geral”, informou o secretário.

De acordo com a Sesapi, 54 municípios já iniciaram a imunização de adolescentes. Ao todo, 8.651 jovens menores de 18 anos receberam a primeira dose. As cinco maiores cidades do Piauí ainda não tinham iniciado a vacinação em adolescentes. A ordem prioritária elencada será: adolescentes com doenças crônicas; adolescentes com comorbidades; adolescentes grávidas e puérperas; adolescentes privados de liberdade; adolescentes em geral.

Serão imunizados 543.299 adolescentes no estado, conforme os dados fornecidos pelo sistema DataSus. Primeiramente, serão entregues 30 mil doses da farmacêutica Pfizer, única vacina autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para jovens de 12 a 17 anos.

Jogo do Poder

Fonte: CCom