Destaques Geral Municipios Política

Viva o Semiárido investe mais de R$ 500 mil em ovinocaprinocultura em Betânia

O secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, esteve nos municípios de Acauã, Paulistana e Betânia em comitiva pelo PRO Piauí na última quarta-feira (6). Na ocasião, a comitiva conheceu a comunidade quilombola Laranjo, em Betânia, que conta com investimentos do Projeto Viva o Semiárido, na ordem de R$ 650.277,75, executado pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF). Ao todo, R$ 4.646.381,99 foram investidos apenas no município de Betânia. O recurso é fruto de um empréstimo do Governo do Piauí com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida).

Segundo o diretor técnico do PVSA, Clébio Coutinho, a comunidade foi beneficiada com um Plano de Investimento Produtivo para fortalecimento da atividade da ovinocaprinocultura e Implantação de Unidades de Agricultura Biossalina em Parceria com o Projeto Agua Doce, com assistência técnica do Emater-PI.

“A unidade demonstrativa já está concluída. O próximo passo é o povoamento dos tanques com tilápia e camarão. É uma ação que abastece a população com recursos hídricos, água potável e possibilita a plantação de palma, largamente utilizada na alimentação de animais na região. Esse é um belo exemplo de iniciativa que usa a criatividade para encontrar soluções que trazem desenvolvimento para as 38 famílias beneficiadas”, explica Clébio.

O Viva o Semiárido é uma das principais ações do Governo do Piauí, por meio da SAF, com investimentos destinados a planos de negócios voltados para as atividades da apicultura, ovinocaprinocultura, cajucultura, piscicultura, avicultura, quintais produtivos, suinocultura, mandiocultura, irrigação e artesanato.

“A agricultura familiar é uma bandeira importantíssima. Quase um terço da população depende da agricultura familiar para viver. Nosso papel é fomentar, ajudar a crescer, gerar renda por meio da comercialização e melhorar a qualidade de vida dessas famílias”, afirma Fonteles, coordenador do PRO Piauí.

A comitiva do PROPiauí Na Estrada passou ainda pela Unidade Escolar Professor Francisco José Tibúrcio, onde o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, autorizou ainda a construção de um frigorífico com sala de corte de caprinos e ovinos, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF). O valor a ser investido é de R$ 1.300.000,00, por meio do Tesouro Estadual.

A construção do frigorífico objetiva resolver um dos maiores entraves do desenvolvimento da atividade no território Chapada Vale do Itaim, que é a comercialização, além de possibilitar um maior valor agregado, através da comercialização de animais abatidos e inspecionados.

Atualmente, o município através da Ascobetânia comercializa em média 1.200 animais por mês, diretamente para Teresina (onde são abatidos em parceria com frigoríficos locais). Essa é mais uma conquista para a agricultura familiar da região. Registrou-se ainda a presença do superintendente de Apoio às Cadeias Produtivas da SAF, Simão Oliveira.

Jogo do Poder

Fonte: CCom