Destaques Geral Local Política

UPA do Renascença lança projeto voltado à comunidade surda

Foi lançado na última semana a primeira fase do Projeto “Mãos que incluem”, voltado principalmente à comunidade surda através da Língua Brasileira de Sinais (Libras) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Renascença. A iniciativa é em atendimento à lei 13.146 de 6 de julho de 2015, da legislação brasileira, que institui a Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência), visando à sua inclusão social e cidadania.

Foram afixados novas placas nas portas de todos os setores – as placas de identificação com sua respectiva datilologia em libras. Na segunda fase, tendo em mãos as palavras e as sinalizações mais necessariamente usadas dentro da unidade para que se tenha uma localização ou identificação da ação desejada por parte da pessoa com deficiência auditiva, será dado início ao processo de treinamento com os profissionais da UPA Renascença, sob condução da Coordenação UQC (Upa Qualidade Continuada) Enfermeira Cynthya Yoko e demais membros da equipe multiprofissional.

Atualmente a Upa Renascença é pioneira na luta pela inclusão social nos serviços de saúde, buscando cada dia tornar real a equidade, princípio fundamental do Sistema Único de Saúde.

Fonte: Semcom