Geral Municipios Política

Técnicos do Progere realizam oficina e vistoria em projetos no município de Batalha

O Programa de Geração de Emprego e Renda (Progere II), executado pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), realizou, no último sábado (19), uma oficina de Capacitação de Manejo Sustentável Ecológico do Solo e da Água, no Assentamento Terra Ativa. Na ocasião, foi realizada uma vistoria nas instalações do Centro de Comercialização da Associação dos Produtores Rurais no Assentamento Frecheiras, município de Batalha.

Os agricultores e agricultoras do Assentamento Terra Ativa aprenderam técnicas de manejo e cuidados com o solo. Na oportunidade, também foi realizada uma visita de campo, onde foram apresentadas formas de uso e manejo dos recursos naturais, principalmente do solo. A atividade, que teve como objetivo propiciar a percepção e o aprendizado de técnicas sustentáveis de produção, contou com a presença de 14 agricultores e agricultoras.

Para a agricultora Maria do Socorro, presidente da Associação de Moradores e coordenadora do grupo de mulheres do assentamento Terra Ativa, o treinamento foi importante, pois possibilitou que os agricultores e agricultoras aprendessem novas técnicas de plantio e cuidados com o solo. “Esse tipo de oficina traz um grande benefício para a associação e, principalmente, para o grupo de mulheres, com novos conhecimentos que vamos utilizar em nossas casas e quintais. Foi muito bom receber essa capacitação”, declarou.

Além da oficina, a equipe também realizou visitas em quintais produtivos dos beneficiários e também Unidade de Produção de Biscoito e Bolos do Grupo Mulheres Ativa. A produção de biscoito será comercializada no comércio local e também será vendida para o PAA-Covid. O PAA-Covid faz parte do plano emergencial do governo do estado e tem como objetivo principal de amenizar os efeitos da Covid-19.

A diretora do Progere II, Janaína Mendes, avaliou a oficina como positiva e destacou a importância desse tipo de atividade para a melhor utilização dos recursos naturais. “Essa capacitação levou aos agricultores a agricultoras informações importantes de como trabalhar e manejar o solo e também dos cuidados eles devem ter com a água. Esses são recursos naturais são essenciais para a produção de alimentos de qualidade”, pontuou.

Assentamento Frecheiras

A equipe do Programa de Geração de Emprego e Renda (Progere II) também realizou uma visita de fiscalização das Salvaguardas Ambientais, no Centro de Comercialização da Associação dos Produtores Rurais. De acordo com a consultora ambiental do Progere, Ethyenne Bastos, as salvaguardas referem-se à política do Banco Mundial e tem o objetivo de promover o desenvolvimento de forma sustentável e eficaz com base nos princípios de respeito aos direitos humanos e ao meio ambiente. A unidade será um ponto de comercialização de produtos da agricultura familiar e também as peças de artesanato do grupo Andorinha.

Nádia Carvalho Gomes, artesã e beneficiária do Progere, falou sobre a importância do projeto para o aumento da produção. “Através do projeto, nos conseguimos comprar matéria-prima como tecido, tinta, linhas para a produção das nossas peças e, com isso, vamos conseguir aumentar a produção e melhorar as vendas. A unidade adquirida pelo projeto já está pronta e será muito importante, pois vai será mais um local de comercialização dos nossos produtos”, destacou.

Além da diretora do Progere, Janaína Mendes, também participaram das atividades a consultora ambiental Ethyenne Bastos, o consultor de Cadeias Produtivas dos Cocais, Erivaldo Pedro, e o técnico do Centro de Educação Ambiental e Assessoria (CEAA), Raimundo Nonato.

O Programa de Geração de Emprego e Renda no Meio Rural (Progere II) faz parte do Projeto Pilares de Crescimento e Inclusão Social, realizado por meio do acordo de empréstimo com o Banco Mundial. Tem como objetivo aumentar a renda dos pequenos produtores rurais em situação de pobreza. O programa é desenvolvido pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF) nos Território dos Cocais, Carnaubais e Entre Rios.

Redação