Destaques Geral Local Política

Sesapi alerta para aumento de 50% nos casos de dengue no Piauí

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), por meio da Coordenação de Epidemiologia, constata que o número de casos de dengue no Piauí aumentou em quase 50% em 2021, em relação ao mesmo período de 2020. De acordo com o Boletim Epidemiológico da Sesapi, foram confirmados 2.654 casos em 2021, contra 1.773 no mesmo período de 2020. Até o momento, 105 municípios do estado têm registro da doença.

A coordenadora de Epidemiologia da Sesapi, Amélia Costa, faz o alerta à população para que dê um destino correto ao lixo, eliminando os criadouros do mosquito transmissor. “O período das chuvas está se aproximando, principalmente no sul do Piauí, o que torna o momento muito preocupante para o aumento de casos da doença no Piauí. É preciso redobrar os cuidados”, afirma Amélia.

Os municípios com maior incidência de casos são Altos, Bom Jesus, Cristino Castro, Dom Expedito Lopes, Floriano, Geminiano, Ilha Grande, Ipiranga do Piauí, Luís Correia, Novo Oriente, Oeiras, Parnaíba, Pedro II, Picos, Piripiri, Santa Luz, Sussuapara e Teresina.

A recomendação para prevenir a dengue é eliminar os criadouros do mosquito, evitando o acúmulo de água parada; limpar sempre as caixas d’água e mantê-las fechadas; trocar a água de vasos de plantas aquáticas; secar os pratinhos dos vasos de plantas; limpar os ralos; tratar a piscina com cloro e nunca descartar lixo de maneira inadequada.

A dengue é uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti que provoca febre alta, dor de cabeça, dor muscular, dor nas articulações, dor atrás dos olhos, prostração, manchas vermelhas na pele, náusea e vômito. A doença pode desencadear complicações e até a morte. A recomendação para o doente é repouso e hidratação para que seu quadro se estabilize.

Jogo do Poder

Fonte: Ascom Sesapi