Destaques Geral Local Política

Servidores da PMT recebem capacitação sobre a Lei Geral de Proteção de Dados

A Escola de Gestão de Teresina (EGT), instituição vinculada à Secretaria Municipal de Administração (SEMA), realizou, na manhã desta quarta-feira (27) no auditório da seccional Piauí da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PI), mais uma palestra para capacitar gestores e servidores municipais acerca de questões ligadas à administração pública.

Desta vez, o tema abordado foi a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A capacitação, ministrada pelo procurador municipal Mamed Rodrigues, abordou a importância da administração pública tratar de forma mais segura os dados dos cidadãos, assegurando o nível de segurança apropriado para proteger as informações custodiadas e/ou tratadas.

Segundo o secretário da SEMA, Leonardo Silva a ideia desta aula visa não apenas impedir que esses dados sejam acessados e divulgados sem a autorização do titular, impedindo que as informações sejam usadas para eventuais fraudes, discriminação ou perseguição política, como também aperfeiçoar a administração pública municipal.

“Sentimos essa necessidade de qualificar os gestores, que assumiram suas pastas esse ano, e também os servidores técnicos de cada secretaria. Apesar de termos retomado nossas atividades recentemente, por conta das restrições sanitárias impostas pela pandemia, temos a perspectiva de aumento da oferta desses cursos”, afirmou o secretário.

A EGT foi criada com o intuito fomentar a profissionalização dos servidores e gestores da administração pública municipal, funcionando como um importante instrumento na busca da excelência na prestação de serviço. No mês passado, por exemplo, a Escola ofertou um curso sobre Orçamento Público.

“São sempre conteúdos que estão em evidência, discutidos no dia a dia e que possuem relação com o trabalho que desempenhamos. Precisamos melhorar a prestação do serviço público e o primeiro passo para isso é a capacitação, trazendo informações e novidades sobre a legislação para adequarmos a nossa realidade”, concluiu Éder Fabeni, analista de orçamento e finanças da Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan).

Jogo do Poder

Fonte: Semcom