Destaques Geral Local Política

Serviço de limpeza de fossa atende 100% das demandas da zona Leste

A Superintendência das Ações Descentralizadas Leste (SAAD Leste), por meio da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), divulgou na quinta-feira (16), que cumpriu a meta dos serviços de limpeza de fossa para a população, atendendo 100% das demandas de moradores da zona Leste de Teresina. As ações acontecem de forma gratuita, desde o início da gestão do superintendente James Guerra.

O gerente de habitação da SAAD-Leste, Helder Cronemberger, celebra o feito, pois desde o início da gestão, foram encontradas na GHAB, várias solicitações de limpeza de fossa em atraso de até um ano e meio. Então, houve a necessidade urgente de se intensificar o serviço para que a meta fosse alcançada este mês.

“Entendemos a importância da prestação desse serviço essencial à população e temos consciência que deve ser feito com eficiência e celeridade, por se tratar da saúde pública de famílias de baixa renda, que não têm condições de arcar com os custos. Tivemos que aumentar o número de funcionários para que conseguíssemos concretizar esta meta. O mérito é de todos que participaram”, comemorou o gerente.

De acordo com o Hélder Cronemberger, caso não haja a limpeza de fossa na residência, ela pode entupir e transbordar, resultando em mau cheiro e o solo contaminado, facilitando a proliferação de pragas domésticas, como moscas, baratas e ratos.

“O odor desagradável e o solo contaminado podem acarretar sérios problemas de saúde à população. Por isso é recomendado que as fossas sejam esvaziadas em um período trienal, ou seja, de 3 em 3 anos, para evitar problemas. Se o volume de água for muito grande é melhor realizar a limpeza uma vez por ano”, salientou.

O presidente da Associação de Moradores do bairro Cidade Jardim, Nilton César, explicou que este é um problema recorrente na região. “Temos uma área baixa, quase ao nível do rio Poti, e nos períodos de chuva, a demanda aumenta consideravelmente. Um dos primeiros sinais de que a fossa está cheia é que a vazão de água em torneiras e no vaso sanitário passa a ficar lenta ao descer pelo esgoto. O barulho de borbulhas quando o sistema de encanamento é utilizado também representa sinais de problema com a fossa séptica. A SAAD-Leste tem efetuado o serviço com muita rapidez. Só temos a agradecer”, afirmou.

Neide Coutinho de Sousa, presidente do Clube de Mães do Residencial Árvores Verdes é beneficiária do serviço de limpeza de fossa séptica e destacou que o serviço social prestado pela SAAD- Leste é fundamental para as famílias vulneráveis dos bairros da periferia de Teresina.

“Dessa forma é possível acompanhar a vida de muitas famílias carentes. É a prefeitura cuidando da saúde pública de nossa gente”, disse.

Wirlen Henriques, assistente social do órgão, adverte que a equipe da GHAB sempre vai identificada realizar as entrevistas para avaliação socioeconômico.

“Informamos que, preocupados com a segurança de todos os munícipes, a equipe que visita os moradores, possui equipamento de proteção individual, coletes e fardamento da prefeitura e sempre portam identificação pessoal”, esclareceu a assistente social.

Quem pode solicitar o serviço:

Para o agendamento do serviço é necessário fazer a solicitação na Superintendência, que fica localizada Av. Zequinha Freire, 370 – bairro Uruguai. Para a solicitação, é necessário possuir renda de até 2 salários mínimos, comparecer ao protocolo, portando cópias do RG, CPF e comprovante de residência, para que seja marcada a visita da assistente social. É exigido também que a fossa esteja cheia e haja um sistema de esgotamento.

Jogo do Poder

Fonte: Semcom