Destaques Geral Local Política

SEMDUH limpa ponto crítico da zona Norte e moradores voltam a jogar lixo horas depois

As ações de conscientização sobre o descarte irregular de lixo acontecem, nesta semana, na Avenida Boa Esperança, bairros São Joaquim e Matadouro, na zona Norte de Teresina. Três equipes de educação ambiental estão no local fazendo abordagens de porta em porta, em residências e comércios da região.

As ações acontecem desde ontem (27) e vão até a sexta-feira (29). Também estão sendo utilizados panfletos informativos e três carros de som para chamar a atenção dos moradores sobre os prejuízos causados pelo descarte de lixo em local proibido, que vão desde a proliferação de insetos e doenças, até a poluição visual, poluição do meio ambiente e entupimento de galerias quando chove.

“Temos um ponto muito crítico nessa avenida, onde a própria população deposita lixo de todo tipo. Esse local é limpo de duas a três vezes por semana, mas não adianta. Em conversas com nossas equipes, os moradores afirmaram que essa prática de jogar lixo lá é bastante comum e que o local volta a ficar sujo no dia seguinte à limpeza da Prefeitura”, explica o coordenador de Limpeza Pública da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Fabrício Amaral.

Somente neste ponto mais crítico, foram retiradas duas caçambas de resíduos. “E depois da limpeza, quando as equipes voltaram para instalar uma placa com os dizeres ‘Proibido jogar lixo’, já havia mais lixo depositado e gente querendo descartar mais ainda”, lamenta o coordenador.

O secretário da SEMDUH, Edmilson Ferreira, destaca que jogar lixo em local proibido gera multa que varia de R$ 369 a R$ 3.690, dependendo da quantidade, do tipo de resíduo descartado, da frequência e do impacto ambiental causado. “Essa é uma prática predatória que precisamos banir. Temos enfrentado esse desafio de várias formas: limpeza regular, ações de conscientização, plantio de árvores nesses pontos mais críticos, instalação de placas, maior fiscalização e aplicação de multas. Mas precisamos da ajuda da população para termos mais resultados”, destaca o gestor.

Jogo do Poder

Fonte: Semduh