Destaques Geral Local Política

Sancionada lei que altera o nome e os atendimentos fornecidos pelo Serviço Florescer

O Prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, sancionou a lei que altera o nome e os atendimentos fornecidos pelo serviço Florescer. O pedido foi feito pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM).

O nome passou por mudanças, pois a expressão “Amor de Tia”, não contemplava mais a essência do programa, que é de fortalecer aquela mulher e sua criança, não apenas delegar a ela o papel de cuidado, reforçando os estereótipos da mulher como sinônimo de cuidado, ocupando papéis secundários e não de empoderamento.

A secretária da SMPM, Karla Berger, fala sobre o processo de mudança do nome. “Somos cientes da importância do serviço para mulheres e mães da capital, e por isso percebemos a necessidade de ampliar o público e fazer reformulações no nome, anteriormente chamado de Amor de Tia”, explicou.

Para a assistente social do programa Carline Leal, a nova nomenclatura engloba o empoderamento feminino. “Tínhamos a ideia de um nome que tivesse como pilar, o empoderamento feminino e o combate ao machismo, então a equipe técnica e a comunicar da SMPM, chegou ao nome Florescer, que por sua vez, traz um símbolo de renovação e mudança de vida”, disse a assistente social.

Inicialmente, o serviço atendia apenas mulheres que tinham crianças de 1 ano até 2 anos e 11 meses, com disponibilidade de 100 vagas em cada unidade. A nova metodologia do Florescer, amplia o atendimento para toda mulher em situação de vulnerabilidade social, residentes em Teresina, com o objetivo de empoderá-las, através da oferta de atendimento psicossocial e cursos profissionalizantes. Além disso, o serviço continua a ofertar atividades socioeducativas para crianças das mulheres atendidas que estejam na faixa etária de 1 ano até 2 anos e 11 meses.

“O nosso objetivo era aumentar a oferta de serviços para mulher, que era restrita, e com o aval do prefeito, atingimos a nossa meta”, disse a secretária da SMPM.

Sobre o Florescer

Com três sedes, espalhadas na zona Sudeste, Norte e zona Rural de Teresina, há previsão de mais uma Florescer ser inaugurado até o final de 2021 na região Sul da capital.

O acesso ao serviço ocorre por demanda espontânea ou encaminhamento da rede socioassistencial. As mulheres atendidas devem estar inscritas no CRAS de referência de seu território.

Unidades

As sedes possuem horário de funcionamento de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 17h00.

– Florescer Norte: Rua Antonio Pedro, 629 – Matadouro
– Florescer Sudeste: Rua Santa Luzia, S/N – Alto da Ressurreição
– Florescer Zona Rural: Povoado Salobro
– Florescer Sul: Rua Mucuripe, S/N, Vila Santa Rita – Promorar (a inaugurar)

Jogo do Poder

Fonte: Semcom