Geral Municipios Política

Prefeitura de Caxias e entidades realizam ato público alusivo ao Dia Mundial da Pessoa com Deficiência

O ato público em defesa das Pessoas com Deficiência foi realizado nesta terça-feira (7), no Mirante da Balaiada, em Caxias (MA). Alusivo ao Dia Mundial da Pessoa com Deficiência, celebrado em 3 de dezembro, o evento foi realizado pela Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres e reuniu representantes de associações e o poder público. Na ocasião, Paulo Carneiro, Presidente do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência, destacou a importância de chegar aos municípios do Estado com os conselhos em funcionamento. Atualmente dos 25 existentes, somente 5 estão ativos.

“A ideia é descentralizar as informações sobre a política da pessoa com deficiência, estar mais próximo das pessoas, e principalmente daqueles municípios que não têm esse conselho. É um desafio gigante! O Conselho tem muitas representatividades, e estamos fazendo uma articulação grande para trazermos para esse debate aqueles municípios que ainda não têm conselhos e assim, fortalecer a política da pessoa com deficiência em nosso Estado”, frisa Paulo Carneiro, Presidente Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

“Eu reconheço que precisamos melhorar mais nossa qualidade de vida. Inclusive, no mercado de trabalho ainda existe o preconceito, que muitas vezes, impede a pessoa de chegar no mercado, e a pessoa com deficiência se sente rebaixada devido a maneira como ela é tratada”, reforça Clamilda Santos, representante da União de Moradores da Vila Paraíso (UMORVIP).

“Estamos nessa causa lutando pelos direitos da pessoa com deficiência. Essa causa é nossa, de todos os vereadores, e o que eu digo é que a inclusão é necessária. Que a inclusão aconteça em nossa cidade! Estamos aqui para lutar”, afirma Cinthya Lucena, vereadora.

“Esse dia é importante para que possamos discutir alguns assuntos, onde estamos pedindo um olhar a mais para as pessoas com a deficiência. O importante é não desistir. Ainda não estamos inclusos em vários lugares na nossa sociedade”, reforça Maria Raquel, presidente da Associação de Deficientes Físicos de Caxias (ADEFIC).

Durante a roda de conversa, foram elencados os desafios que as pessoas com deficiência ainda têm que enfrentar na vida diária, que vão desde a rampa de acesso aos cadeirantes até o acesso ao mercado de trabalho. O poder público se mostra empenhado na pauta, visando diminuir as distâncias que existem para que haja a inclusão.

“Faz parte do nosso projeto atender as mulheres com deficiência. Então, achamos por bem fazer uma roda de conversa com vários segmentos representativos, que serve para que possamos ouví-los, visando saber que o poder público pode fazer e que leis podem ser aplicadas para beneficiar estas pessoas”, afirma Márcia Marinho, secretária Municipal de Políticas para as Mulheres.

“A Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres realiza essa roda de conversa, que trata da acessibilidade voltada para as mulheres. Nada melhor do que escutar as pessoas que sentem na pele os problemas para que possamos ir em busca das soluções. A gente sempre defendeu um governo que escuta a população, e estamos fazendo isso na prática”, destaca Paulo Marinho Jr, vice-prefeito.

Jogo do Poder

Fonte: PMC