Destaques Geral Local Política

Polinter – Nova vistoria eletrônica dará mais segurança na compra de veículos

Um novo sistema de vistoria eletrônica nos veículos usados será lançado em junho no Piauí e trará mais segurança na compra e venda de carros e motos. É o que garante a Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio da Delegacia de Polícia Interestadual (Polinter), que investiga furto e roubo de veículos.

Atualmente, os carros e motos usados comercializados no Piauí são vistoriados apenas com a extração do decalque das marcações do chassi, mas sujeito a muitas falhas devido a fraudes cada vez mais complexas usadas por grupos criminosos para adulteração do chassi em veículos roubados. “Com a vistoria eletrônica, será feita uma análise apurada, com registro de imagens e dados mais precisos e de forma on-line, trazendo mais segurança ao comprador”, afirma Marcelo Dias, coordenador da Polinter.

A vistoria veicular é um procedimento obrigatório para a realização da transferência de propriedade do veículo, alteração do domicílio intermunicipal ou interestadual e outros serviços que necessitem da emissão de um novo Certificado de Registro de Veículo (CRV).

Outra vantagem que a nova vistoria trará é que, por ser mais rigorosa, ficará mais atenta a itens de segurança do veículo, que precisam estar em bom estado, como pneus, vidros, a placa, cintos de segurança, estepe, freios, farois, entre outros.

A novidade será lançada em junho pelo Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran), que irá credenciar empresas para fazer a vistoria. O novo sistema eletrônico atende a uma orientação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), por meio da Resolução Nº 466/2013. O novo sistema será disponibilizado em 22 municípios do Piauí.

O ganho de tempo também é mais um benefício, ficando desnecessário fazer a vistoria na Polinter. “Quando há a transferência do veículo, por meio do DUT (documento) eletrônico, a comunicação é feita em cartório via on-line ao Detran. Isso gera mais agilidade e segurança porque impede fraudes”, afirma o diretor-geral do Detran, Garcia Guedes. “Tanto comprador quanto vendedor poderão fazer um negócio com mais segurança”, frisa.

O sistema eletrônico será realizado por meio de empresas credenciadas pelo Detran. Ao pagar a taxa de transferência do veículo por meio do site do Detran, o usuário deverá se encaminhar ao endereço informado para a vistoria.

(Com CCom)

Jogo do Poder