Geral Internacionais Política

Parte da Muralha da China é danificada após terremoto de 6.9 graus

Uma seção da Muralha da China desabou após um terremoto de magnitude 6.9 atingir a província de Qinghai, na China, na noite do último sábado (8).

Segundo o jornal Global Times, cerca de 2 metros do monumento foi abalado, no trecho que remonta à Dinastia Ming (1368-1644). O tremor teve profundidade de 10 quilômetros e mais impressões dos impactos foram captadas por usuários das redes sociais.

Após o sismo, autoridades comandaram uma inspeção de relíquias culturais, na qual foram descobertos os danos ao patrimônio histórico.

Ainda segundo a publicação, o terremoto atingiu uma área pouco povoada, mas cidades próximas ao epicentro também sentiram o abalo. Não houve registro de mortes, mas nove pessoas se feriram.

De acordo com o EMSC (Centro Sismológico Mediterrâneo Europeu), a magnitude do sismo foi de 6.3. Já os aparelhos locais registraram 6.9.

No vídeo abaixo, compartilhado nas redes sociais, um clarão é filmado por uma câmera residências. Em seguida, o equipamento começa a tremer, reagindo ao abalo.

 

Fonte: UOL