Destaques Geral Local Política

Parque de Exposição tem reforma autorizada e vai receber Expoapi em dezembro

O Parque de Exposições Dirceu Mendes Arcoverde, localizado na BR 343, passará por obras de revitalização e modernização, que serão executadas pelo Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi). A previsão de investimentos é de cerca de R$ 1 milhão, recursos oriundos do PRO Piauí.

O projeto contempla todos os 60 mil metros quadrados do parque, com previsão de reforma, revitalização e modernização do espaço. Como o local está quase dois anos sem realizar atividades com público, o trabalho deve começar pela limpeza, capina e remoção de entulhos. Em seguida, deverão ser recuperados os pavilhões de exposição de animais, bem como o palco, o restaurante e toda a área destinada a eventos.

Também está previsto o reparo na rede elétrica e em toda a iluminação do parque, além da troca da cobertura de alguns dos galpões da área destinada a guardar os animais em exposição.

“Vamos recuperar toda a estrutura, para que ela possa ofertar mais conforto aos visitantes, aos animais expostos e também aos criadores. O projeto já foi licitado e a obra deverá começar ainda neste mês de novembro. Essa agilidade é essencial para garantir que o parque esteja pronto para a realização de eventos”, destaca o diretor-geral do Idepi, Leonardo Sobral.

O Parque de Exposições sedia a Exposição Agropecuário do Piauí (Expoapi), que se destaca como uma das maiores feiras da região, que tem na programação julgamentos de animais, provas equestres, leilões, além de apresentação de atrações artísticas.

A Expoapi é organizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Agronegócio (Seagro), e pela Associação Piauiense dos Criadores de Zebu (APCZ). Depois de dois anos sem acontecer, devido à pandemia da covid-19, o evento retornará este ano entre os dias 5 e 12 de dezembro, em sua 70ª edição. O anúncio foi realizado no último domingo (7), durante visita técnica dos organizadores do evento, com a presença do secretário de Estado da Fazenda e coordenador do PRO Piauí, Rafael Fonteles.

Jogo do Poder

Fonte: Idepi