Destaques Geral Local Política

Parceria entre Semec e Seduc pode garantir mais ofertas de vagas para alunos de Teresina

Na manhã desta sexta feira (17),o secretário municipal de Educação (Semec) de Teresina, professor Nouga Cardoso, acompanhado da equipe técnica da Semec e da vereadora Teresinha Medeiros, esteve visitando a Escola Municipal José Auto de Abreu, localizada no bairro São Pedro, zona Sul. Na pauta, a extensão do ensino fundamental na unidade.

A direção da escola e professores apresentaram a solicitação que vem sendo bastante pontuada pela comunidade, com o objetivo de atender a demanda com ofertas de turmas do ensino fundamental para os jovens da região.

A unidade de ensino atende atualmente 387 crianças, nos turnos manhã e tarde, com turmas de 1º ao 5º ano. A direção solicita que a Semec aprove a proposta de ofertar turmas até ao 9º ano e a ampliação para tempo integral.

O secretário informou que já está em andamento a junto ao Governo do Estado, através da Secretária de Estado da Educação (Seduc), a cessão de um prédio que pertence a rede estadual de ensino. “Já estamos buscando entendimento no sentido de firmamos uma parceria com o Governo do Estado e, assim, garantir uma maior oferta de turmas em algumas regiões da cidade”, disse Nouga Cardoso.

A formalização do processo entre a Prefeitura de Teresina e o Governo do Estado está bem adiantado. “Estamos dando andamento no processo com entendimento jurídico e condições necessárias para ofertas de novas turmas e ampliação de vagas. Desta forma, atenderemos as solicitações da comunidade”, acrescentou o secretário.

Para o diretor da escola, professor Fredson Rodrigues, a visita do secretário é importante para que ele possa ter uma aproximação maior com a comunidade e buscar entender as solicitações e as necessidades mais urgentes que a escola precisa. “Professores e diretores têm a oportunidade de ter um diálogo com o secretário e equipe técnica, apresentando suas necessidades. Dentre as ações mais imediatas, precisamos alcançar a cessão do prédio que pertence ao Estado e, assim, ampliar a oferta de vagas e anos escolares. Além disso, estamos pleiteando a oferta do ensino em tempo integral”, reiterou o diretor.

Fonte: Semec