Geral Internacionais Política

Paquistão anuncia negociações de paz com os talibãs em seu território

O primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan, anunciou que, pela primeira vez desde 2014, estão acontecendo negociações de paz com os talibãs no território do país, que representam uma insurgência local e diferente do movimento afegão, embora próximos ideologicamente.

“Penso que dentro do TTP (Tehreek-e-Taliban Pakistan, os talibãs paquistaneses) há grupos abertos às conversações de paz e à reconciliação com nosso governo. E estamos conversando com estes grupos”, declarou na sexta-feira (1) ao canal de televisão turco TRT.

O ministro paquistanês da Informação, Fawad Chaudhry, confirmou as negociações, mas não revelou detalhes.

Os atos violentos dos talibãs do TTP começaram em 2007. Desde então, milhares de civis e de membros das forças de segurança paquistanesas morreram em ataques reivindicados por este movimento islamita.

Uma fonte do TTP confirmou à AFP as negociações, que começaram há um mês e ainda não chegaram a nenhuma conclusão.

O Paquistão, acusado pelo governo dos Estados Unidos de ter apoiado a partir de 2001 os talibãs afegãos por meio de seus serviços de inteligência militar, ainda não reconheceu o novo regime de Cabul, apesar de ter sido um dos três países do mundo a reconhecer o governo talibã que administrou o Afeganistão entre 1996 e 2001.

A vice-secretária de Estado americana, Wendy Sherman, viajará ao Paquistão na próxima semana e terá reuniões com autoridades do governo com o objetivo, segundo afirmou, de criar uma “associação forte de contraterrorismo”.

Jogo do Poder

Fonte: AFP