Destaques Geral Local Política

Orquestras sanfônicas de Teresina e do Rio de Janeiro se unem para homenagear Dominguinhos

Será realizado na próxima sexta-feira (23/07), no Teatro João Paulo II, localizado no bairro Parque Ideal, na zona Sudeste de Teresina (PI), o lançamento de um projeto que lembra os oito anos da morte do músico e sanfoneiro Dominguinhos, ícone da cultura nordestina que até hoje encanta pessoas com suas belas canções. O projeto que destaca umas das principais obras de Dominguinhos, através de um vídeo, é uma parceria entre as orquestras sanfônicas dos municípios de Teresina (PI) e do Rio de Janeiro (RJ).

Nascido no Nordeste e tendo morado parte de sua vida no Rio de Janeiro, Dominguinhos ainda é referência musical na vida de milhares de estudantes de acordeon em todo o país. Suas canções atravessam gerações e inspiram projetos musicais, a exemplo da Orquestra Sanfônica de Teresina, que reúne jovens e adultos da capital piauiense.

A cantora e acordeonista Écore Nascimento faz parte desse projeto, que é mantido pela pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. Ela destaca que Dominguinhos serviu de inspiração para que a gestão municipal trabalhasse a profissionalização de novos acordeonistas.

“No dia 23 de julho de 2013, todo o Brasil ficou em luto pela perda de Dominguinhos. Foi um momento difícil para quem tinha o sonho de conhecer de perto um dos maiores músicos que o Brasil já teve e que muito nos representa com sua música. Ele foi minha principal influência para iniciar os estudos com o acordeon e até hoje sua obra me motiva a homenageá-lo”, fala Écore Nascimento.

Ivan Silva é o maestro da Orquestra Sanfônica de Teresina. Ele conta que através do dom de Dominguinhos, milhares de jovens e adultos começaram a se dedicar a arte do acordeon, servindo de inspiração para a criação de diversos grupos.

“Dominguinhos é uma das minhas principais referências musicais. Ele trouxe uma nova identidade para o acordeon no Nordeste e possibilitou uma nova forma de pensar e de tocar a sanfona na música popular brasileira “, afirma o maestro Ivan Silva.

Na capital do Rio de Janeiro, o projeto será lançado nas redes sociais da orquestra carioca. O acordeonista Marcelo Caldi ressalta que essa parceria une duas regiões distintas em um trabalho que só engrandece a cultura brasileira.

“Ficamos muito felizes com esta parceria. A Orquestra Sanfônica do Rio de Janeiro já trabalha com arranjos e versões que fazem homenagem a Dominguinhos, e fazer esta ponte entre Sudeste e Nordeste possibilita uma troca de experiências incrível. Só nos fortalece enquanto músicos e também como orquestra”, explica Marcelo Caldi.

A partir de sexta-feira (23 de Julho), todo o Brasil poderá conferir o trabalho das Orquestras, que estará disponível nas redes sociais da Fundação Cultural Monsenhor Chaves e ainda no Instagram @sanfonicathe e @orquestrasanfonicarj.

Jogo do Poder

Fonte: Semcom