Destaques Geral Local Política

Novembrinho Azul reforça importância de meninos em cuidar da saúde

A quarta-feira (17) foi de alegria, diversão e cuidados com a saúde no Hospital Infantil Lucídio Portela (HILP), em Teresina. A 4ª edição do Projeto Novembrinho Azul atendeu crianças e adolescentes, em atividades lúdicas, socioeducativas e ambulatoriais.

A iniciativa visa educar os pequenos, para que, no futuro, não desenvolvam doenças que possam ser diagnosticadas e tratadas ainda na infância. “Essa é uma ação muito importante. Nossa sociedade ainda tem que quebrar muitos tabus, principalmente relacionados ao machismo. Não é só a mulher que adoece e é importante que os meninos tenham desde cedo essa percepção também”, celebrou a doméstica Marlene Queiroz, mãe do pequeno Pedro Miguel, de sete anos, que se consultou com a equipe médica da ação.

Durante todo o dia, crianças e adolescente de até 16 anos foram atendidas por uma equipe multidisciplinar com psicólogas, nutricionistas, pediatras, cirurgiões e urologistas, passando por uma avaliação que engloba desde o nível nutricional até doenças características do sexo masculino.

“O Novembrinho Azul surgiu como uma iniciativa que envolve a secretaria Estadual de Educação (Seduc) e Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi). Nosso desejo é que todas as crianças cresçam com consciência do autocuidado. Para termos adultos saudáveis, nós precisamos iniciar o processo de educação e cuidados ainda na infância”, reforça o diretor do HILP, Dr. Vinícius Nascimento.

O projeto foi idealizado ainda em 2017 pelo urologista Djalma Ribeiro Costa, coordenador da campanha no HILP. De lá para cá, já foi replicado em quase todos os estados da Federação, o que deu ao Hospital Infantil a representação nacional desse projeto.

Em 2019, o Governo do Estado sancionou uma lei que estabelece a saúde masculina como prioridade dentro das escolas da rede de ensino, com o objetivo de aproximar estudantes de temas relacionados à saúde masculina e que são tabus.

Atualmente, um projeto de lei tramita na Câmara Federal para instituir o Novembrinho Azul dentro do calendário Nacional.

Jogo do Poder

Fonte: Sesapi