Destaques Geral Local Política

“Nossa preocupação maior é com o pequeno comerciante”, afirma Dr. Pessoa sobre decreto municipal

No sentido de favorecer, principalmente os pequenos comerciantes, o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB) publicou decreto, nesta quarta-feira, 17, permitindo o funcionamento do comércio por até 9 horas diárias nesta sexta-feira, 19. Segundo o prefeito, não há nenhuma espécie de confronto com o Governo do Estado, que emitiu decreto estabelecendo lockdown parcial de quinta, 18, a domingo, 21.

O próprio Governo do Estado alterou seu próprio decreto, liberando os postos de combustíveis para funcionar no Piauí durante o lockdown. O serviço passa a ser considerado essencial. Um novo decreto será editado liberando o funcionamento da atividade, autorizando, também, a celebração de missas e cultos no domingo, dia 21, alterando a portaria que determina lockdown parcial.

No último sábado (13), o governador Wellington Dias (PT) anunciou as novas medidas restritivas para combater a transmissão do coronavírus no Piauí. O chamado “lockdown parcial”, que só acontecia aos finais de semana, passa agora a ser de quinta-feira a domingo. Só funcionarão serviços essenciais.

Ao emitir decreto municipal, o prefeito Dr. Pessoa impôs algumas condições. Lojistas em Teresina poderão escolher o horário de funcionamento nesta sexta-feira, desde que não ultrapasse o tempo máximo de 9 horas e o horário de 20h. O presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí (Sindilojas), Tertulino Passos, avalia a medida como favorável e aponta que o comércio na Capital tem características diferenciadas.

“Tentamos fazer também uma negociação com o Governo do Estado. O nosso comércio tem características diferentes. A zona Leste começa a funcionar a partir das 15h. Então, fechando às 17h, ficaria prejudicado o consumidor e o próprio lojista. Esse decreto da prefeitura nos possibilita de abrir na sexta (19) e também corrigiu distorções de horário de funcionamento das atividades comerciais”, explica Passos. (Com CV / PMT)

Veja o decreto municipal

Redação