Destaques Geral Local Política

Na pesquisa de rejeição, Montezuma lidera

Em todas as pesquisas já realizadas na capital para prefeito de Teresina, o candidato pelo PSDB, Kleber Montezuma, pontua sempre entre os mais rejeitados pela população. Em pesquisa divulgada nessa sexta-feira, 6, pelo Instituto GP1, o tucano assumiu a ponta no quesito rejeição e é o candidato que a população não quer de jeito nenhum governando Teresina, com 31.80% de negação ao seu nome na contagem de votos válidos e 23,14% na pesquisa estimulada.

Nessa mesma pesquisa, Dr. Pessoa, candidato a prefeito pelo MDB e adversário direto de Kleber Montezuma, aparece com 11,72% (considerando votos válidos) e apenas 8,53% no quesito rejeição.

Na estimulada, no quesito rejeição, Fábio Abreu (PL) vem em segundo lugar, com 16,42%. e Dr. Pessoa (MDB) com 8,53%. Depois aparecem Lourdes Melo, do PCO, aparece em quarto lugar com 7,35%, seguida de Fábio Novo (PT) com 6,35%, Major Diego (Patriota) com 2,18%, Simone Pereira (PSD) com 2,00%, Lucineide Barros (PSOL) com 1,81%, Pedro Laurentino (Unidade Popular – UP) com 1,45%. Gervásio Santos (PSTU) e Gessy Fonseca (PSC) aparecem empatados com 1,09%. Fábio Sérvio (PROS) surge em penúltimo lugar com 0,82% e Mário Rogério (Cidadania) em último com 0,54%, portanto, os menos rejeitados pelos eleitores entrevistados.

Pessoa é o preferido pelo eleitorado teresinense

pessoa

A liderança no estudo se investe quando é perguntado ao teresinense em quem ele votaria para prefeito de Teresina. Aí, Dr. Pessoa dispara na frente, com 31,49% da preferência do eleitorado, subindo praticamente 5 pontos percentuais em relação à penúltima pesquisa realizada pelo mesmo instituto há 15 dias. Ao contrário, Kleber Montezuma sofre queda entre uma pesquisa e outra, aparecendo agora com 20,87%. Na anterior, ele pontuava 23,11%. Nesse último levantamento, a vantagem de Pessoa se amplia em 10,62%.

Quando computados somente os votos válidos, eliminando-se brancos e nulos, Dr. Pessoa lidera com 39,93% seguido de Kleber Montezuma com 26,47%.

Na pesquisa espontânea, os candidatos não são apresentados aos entrevistados, por isso aparecem muitos nomes que não estão na disputa pela Prefeitura de Teresina. Neste cenário, Dr. Pessoa também lidera na preferência do eleitorado, com 25,68%, seguido de Kleber Montezuma com 18,69%.

Na pesquisa estimulada, em terceiro lugar, está Fábio Abreu (PL) com 8,98% das intenções de voto. Fábio Novo, candidato do PT, aparece na 4ª posição com 7,89%, depois estão Gessy Fonseca (PSC) com 5,44% e Simone Pereira (PSD) 1,45%. Empatados com 0,82% aparecem Lucineide Barros (PSOL) e Major Diego (Patriota). Lourdes Melo (PCO) pontuou 0,45%. Logo em seguida aparecem, Fábio Sérvio (PROS), Gervásio Santos (PSTU) e Mario Rogério (Cidadania) com 0,18% cada um. Por último ficou Pedro Laurentino (Unidade Popular – UP) com 0,09% das intenções de voto.

Os entrevistados que disseram que não votariam em nenhum dos candidatos ou que votariam nulo ou branco foram 10,71%, já os que não sabiam ou preferiram não responder somaram 10,44%.

Pesquisa espontânea

Neste cenário, Dr. Pessoa também lidera na preferência do eleitorado, com 25,68%, seguido de Kleber Montezuma com 18,69%.

Fábio Novo surge em terceiro com 6,35%, Fábio Abreu com 4,81% e Gessy Fonseca está na 5ª posição com 3,72%. A candidata Simone Pereira pontuou 0,82% e empatados com 0,64% estão Lucineide Barros e Major Diego.

Firmino Filho, que não disputa a eleição, foi citado por 0,36%. Já 0,27% dos entrevistados disseram votar em Fábio e 0,18% em Lourdes Melo. O presidente Jair Bolsonaro foi lembrado por 0,09% juntamente com Mario Rogério e Soldado.

Os entrevistados que disseram que não sabiam ou preferiram não responder somaram 27,95% e os que afirmaram que não votariam em nenhum dos candidatos ou que votariam nulo ou branco foram 9,62%.

Dr. Pessoa lidera em todas as zonas as intenções de voto

Dr. Pessoa lidera na zona Leste de Teresina com 6,90% enquanto seu principal adversário, Kleber Montezuma, tem 4,99%. Em terceiro está Fábio Abreu (PL) com 1,91%, seguido de Fábio Novo (PT) com 1,45% e Gessy Fonseca (PSC) com 1,00%. Os demais candidatos pontuaram menos de 1% na pesquisa realizada na zona leste.

Se comparada com a pesquisa anterior, publicada no dia 26 de outubro, Dr. Pessoa cresceu dois pontos percentuais, passando de 4,64% para 6,90%, assumindo assim o primeiro lugar, que antes era ocupado por Kleber nesta região. Já o candidato tucano caiu de 5,15% para 4,99%.

Pesquisa estimulada na zona Norte

Na zona Norte de Teresina, o candidato do MDB, Dr. Pessoa, aparece com 8,17% das intenções de voto, seguido de Kleber com 6,81%. A diferença entre o primeiro colocado e o segundo é de 1,36%.

O candidato petista Fábio Novo tem 2,99% nesta zona, enquanto Fábio Abreu tem 2,18%. Gessy surge na quinta colocação com 1,09%. Novamente os demais candidatos pontuaram menos de 1% nesta região.

O crescimento maior do Dr. Pessoa, registrado nesta pesquisa, pode ser notado na região Norte. Na pesquisa anterior, ele somava 5,45% e perdia para Kleber Montezuma. Na avaliação dessa sexta ele subiu para 8,17%, registrando crescimento de quase três pontos percentuais. Já Montezuma oscilou de 6,56% para 6,81%.

Pesquisa estimulada na zona Sudeste

Na região Sudeste, conforme a pesquisa estimulada do Instituto GP1, o candidato que possui maior porcentagem também é o Dr. Pessoa, com 6,62%. O segundo colocado é Kleber Montezuma com 4,63%.

Fábio Abreu aparece com 2,00%, Fábio Novo com 1,45% e Gessy com 1,09%. Os demais não somaram nem mesmo 1% das intenções de voto nesta região.

Na zona Sudeste, fazendo um comparativo com a pesquisa publicada no dia 26 de outubro, Dr. Pessoa, que já liderava na avaliação passada, cresceu ainda mais na região, passando de 5,25% para 6,62%. Repetindo o que aconteceu nas demais regiões, Kleber registrou uma queda, passando de 5,05% para 4,63%.

Pesquisa estimulada na zona Sul

Na zona sul, Dr. Pessoa lidera mais uma vez com a preferência de 7,26% dos entrevistados. Kleber pontuou 2,99% seguido de Fábio Abreu e Fábio Novo, ambos com 1,54% e Gessy Fonseca com 1,91%. Os demais não chegaram a 1% das intenções de voto.

A diferença maior entre o candidato emedebista e o psdbista é registrada nesta região. A distância entre o primeiro colocado, Dr. Pessoa, e o segundo, Kleber Montezuma, é de 4,27%.

Dr. Pessoa apesar de permanecer em primeiro lugar nesta zona de Teresina, registou uma pequena queda se comparado com a pesquisa anterior do Instituto GP1. Ele tinha 9,18% e agora 7,26%. Kleber também caiu de 4,84% para 2,99%.

Pesquisa estimulada na zona rural

Na pesquisa estimulada realizada na zona rural da capital, Dr. Pessoa também aparece em primeiro com 2,54%, enquanto o candidato tucano tem 1,45%. Fábio Abreu aparece com 1,36%. Os demais candidatos somaram menos de 1%.

Com relação a avaliação anterior, Dr. Pessoa subiu na preferência do eleitorado, passando de 1,61% para 2,54%. Já Kleber Montezuma caiu novamente de 1,51% para 1,45%.

Os candidatos que responderam que não votam em nenhum dos 13 candidatos que disputam a Prefeitura de Teresina, ou que vão anular ou votar em branco nestas eleições somam 10,71%.

Dividido por zonas temos: zona leste 2,36%; norte 3,09%; sudeste 2,81% e sul 2,45%.

Não sabe ou não respondeu

O total de 10,44% dos entrevistados responderam que não sabem em quem votar ou preferiram não opinar. Divido por regiões: zona leste 1,91%; norte 5,90%; sudeste 1,18%; sul 1,00% e rural 0,45%.

Veja a situação de cada candidato por região

  • pesquisa

    Redação