Destaques Geral Local Política

Mulher vítima de violência terá atendimento especializado em Teresina, afirma Dr. Pessoa

Além do Hospital da Mulher, cujo processo de criação já está em andamento, o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB) anuncia a implantação da Casa da Mulher Brasileira, que é uma estratégia governamental de âmbito federal que passa a ser adotada pela Prefeitura de Teresina na atual gestão. O objetivo é garantir espaço adequado ao atendimento feminino, bem como contribuir para a redução da violência contra as mulheres.

Pelo projeto, a Casa da Mulher Brasileira é um espaço que reúne, num mesmo local, diversos serviços de atendimento às mulheres em situação de violência. Nesse espaço, é possível ter acesso, por exemplo, a serviços de acolhimento e triagem, apoio psicossocial, delegacia especializada, Promotoria de Justiça especializada, Núcleo Especializado da Defensoria Pública, Juizado de Violência Doméstica, alojamento de passagem, brinquedoteca, central de transporte e ações de autonomia econômica.

Na Casa da Mulher Brasileira, as mulheres também são incentivadas a participar de cursos para alcançar a autonomia financeira, uma ferramenta de apoio para dar independência econômica às mulheres, já que muitas dependem financeiramente do agressor.

Foi pensando em atender as mulheres em todas as suas necessidades, que o Dr. Pessoa decidiu implantar o projeto. A construção já foi solicitada pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM). A negociação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação(SEMPLAN).

Ainda na tarde de sexta-feira (23), a secretária da SMPM, Karla Berger, se reuniu com o secretário da SEMPLAN, João Henrique Sousa; com o secretário de Governo, Adolfo Nunes; com o procurador-geral do Município, Aurélio Lobão; e o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Edmilson Ferreira, para debater detalhes do projeto.

“A mulher que vive em situação de violência em Teresina não tem um abrigo que possa acolher a mulher; com a implantação da Casa da Mulher Brasileira, essa realidade vai mudar”, disse Karla Berger. Trabalhar em prol das mulheres é uma pasta forte na gestão, segundo o secretário de Planejamento, João Henrique Sousa.

“Esse projeto é uma bandeira forte para a gestão do prefeito Dr. Pessoa e, mais que isso, uma necessidade latente da nossa cidade. Estamos acompanhando e ansiosos para que os trabalhos se iniciem e possamos proporcionar acolhimento e amparo às mulheres da capital”, completou Henrique Sousa.

Jogo do Poder