Destaques Geral Local Política

Moradores de 3 conjuntos habitacionais recebem equipes da ADH para discutir Programa Regularizar

A Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH) realiza nesta primeira quinzena de janeiro de 2022, três reuniões com os mutuários dos conjuntos habitacionais Nova Teresina, Tabuleta e Tancredo Neves.

A primeira reunião acontece neste sábado, dia 8, às 16h, no Espaço Cangalha, quadra 39, casa 11, Conjunto Nova Teresina. O objetivo é explicar para os moradores as etapas do Programa Regularizar, que já está sendo executado no conjunto pela empresa REUR, credenciada pela ADH.

A segunda reunião será de apresentação do Programa Regularizar e acontecerá no Conjunto Tabuleta, às 17h, do dia 10, no Centro de Habilitação Ana Cordeiro, Rua Hermínio Conde, S/N, Praça Simplício Sousa Mendes. Neste caso, a empresa que irá fazer o atendimento ao público é a Digital Map.

A terceira reunião ocorrerá às 18h, do dia 12 de janeiro de 2022, na Quadra de Esportes do Conjunto Tancredo Neves, localizada na Praça das Palmeiras. A empresa que vai atender aos moradores no local  é a RAG SERV. “Nossa finalidade é  apresentar  e explicar cada uma das etapas do Programa, desde a adesão até a entrega do título definitivo de posse do imóvel”, explica a diretora de Regularização Fundiária, Ana Lúcia Gonçalves.

Segundo ela, os conjuntos Tabuleta e Tancredo Neves foram construídos pela extinta Cohab. O primeiro é composto por 118 casas e o segundo por 756 apartamentos. Já o Nova Teresina foi construído pela Agência de Desenvolvimento Habitacional e recebe o nome de Prado Júnior, com 527 unidades habitacionais.

O Programa Regularizar vai atender mais de 60 mil imóveis em todo o estado do Piauí, na questão da regularização fundiária dos imóveis construídos pela Cohab, Bep, Iapep e ADH. Os trabalhos técnicos são desenvolvidos através de  empresas especializadas em regularização fundiária e credenciadas pela Agência de Desenvolvimento Habitacional e fundamentados na Lei Federal 13.465 e Provimento nº 36/2019 da Corregedoria do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí.

“O ano de 2021 foi marcado pela execução do Programa Regularizar. Neste ano de 2022 não será diferente. Estamos trabalhando para garantir a regularização de milhares de imóveis construídos pelo governo. Estamos convocando as famílias a participarem desses encontros realizados pela ADH nos próprios conjuntos habitacionais. É um momento para se tirar dúvidas, inclusive a respeito de outros assuntos, como quitação de débitos, pendências jurídicas. Tudo é esclarecido pela equipe técnica da ADH, presente ao evento”, declara a diretora geral da ADH, Gilvana Gayoso.

Fonte: Ascom ADH