Destaques Geral Local Política

Militância e movimentos sociais fortalecem pré-candidatura de Fábio Novo

O pré-candidato a prefeito de Teresina pelo Partido dos Trabalhadores (PT), deputado estadual Fábio Novo, acaba de receber a adesão do partido Rede Sustentabilidade, confirmada na manhã de terça-feira, 1º de setembro. O próprio partido acredita que a entrada dessas agremiações que têm grande influência nos movimentos sociais vai provocar impacto positivo na pré-candidatura do petista.

A escolha de Silmara Castro como pré-candidata a vice é visto como um grande trunfo da coligação, que tem também o PC do B como partido de base. Além disso, a pré-candidata a vice é a assistente social, líder comunitária e especialista em políticas públicas e intervenção social. “Juntos, com Silmara Castro, do Solidariedade, vamos caminhar pra construir um NOVOolharparaTHE”, escreveu Fábio Novo em suas redes sociais.

E essa escolha reforça o entendimento de que os movimentos sociais serão decisivos para fortalecer a pré-candidatura petista. “Nenhum outro candidato terá a força da militância, dos movimentos sociais como nós. Nenhum outro partido tem a força da militância como PT, PCdoB e Solidariedade”, disse Fábio Novo durante o anúncio da vice.

Silmara é líder comunitária da região do Itararé, na região do Grande Dirceu, zona Sudeste de Teresina. Além de ter o peso de ser uma mulher na chapa. “Recebemos essa missão com dignidade e vontade de construir. Temos muitas realidades a vivenciar para melhorar essa cidade. Com nossa experiência de movimentos populares, de pessoa barrista, vamos chegar no segundo turno”, destacou a pré-candidata a vice.

O presidente do Sustentabilidade, deputado estadual Evaldo Gomes, destacou que o Rede – junto com PT, PC do B e Solidariedade – traz como bandeira a defesa do Meio Ambiente, que deve fazer parte do plano de governo para Teresina. “Vamos fazer uma grande campanha e chegar ao segundo turno. Ainda vamos ter a adesão de outros partidos”, sinalizou.

Fábio Novo destacou a importância de apontar alternativas voltadas para a preservação dos rios Parnaíba e Poti. “Tenho certeza que a adesão do Rede vai nos ajudar a pensar em ações viáveis e urgentes, para salvar nossos rios. É uma alegria poder contar com mais pessoas que acreditam no nosso projeto para Teresina”, afirmou.

Redação