Destaques Geral Local Política

Medidas contra Covid-19 serão estendidas até 15 de janeiro no Piauí

O governador Wellington Dias se reuniu, nesta segunda-feira (27), com o Comitê de Operações Emergenciais (COE) e decidiu prorrogar o decreto de medidas sanitárias contra a Covid-19, até o dia 15 de janeiro. O chefe do Executivo estadual também destacou que as crianças de 5 a 11 anos poderão ser vacinadas já em janeiro.

Na ocasião, Dias anunciou a extensão das regras sobre a realização de eventos até o dia 15 de janeiro, bem como reforçou que o Governo do Estado não apoiará eventos que resultem em aglomeração nas festas de Réveillon e Carnaval, seguindo as recomendações do Comitê Científico do Nordeste e em conjunto com outros estados, a fim de evitar a propagação da variante Ômicron.

“Vamos seguir com o regramento e com a decisão de não termos festas de fim de ano públicas e mantendo o regramento de distanciamento nos eventos permitidos, estendendo essas regras até 15 de janeiro. O objetivo é evitar a propagação da variante Ômicron e continuar a reduzir hospitalização e óbitos”, afirmou o governador.

Deste modo, permanece a permissão de realização de eventos com público de até 50% da capacidade em espaços abertos e fica mantida, também, a quantidade de 500 pessoas em locais semiabertos e até 200 pessoas em locais fechados, desde que sejam obedecidos os protocolos e medidas sanitárias, devendo ser exigido dos participantes imunização por vacina (duas doses ou dose única) ou teste negativo (antígeno ou RT PCR, realizado  até 48 horas antes do evento).

Na oportunidade, Wellington Dias falou sobre a vacinação contra a Covid-19 de crianças de 5 a 11 anos, na qual a previsão é de que os imunizantes destinados para a vacinação deste público cheguem ao Piauí na semana do dia 10 de janeiro de 2022. Lembrando que a vacina da Pfizer é a única aprovada no Brasil para esse público. Assim, as crianças terão que receber a primeira e a segunda dose da mesma vacina.

“Trabalhamos pela garantia que pudéssemos ter, por parte da Anvisa, um posicionamento sobre a vacinação de crianças de 5 a 11 anos e a atualização é que o Ministério da Saúde fez um entendimento com a Pfizer, vacina aprovada para a vacinação das crianças, e há uma previsão de entrega já na semana do dia 10 de janeiro, quando teremos condições de iniciar a vacinação desse público”, ressaltou o gestor estadual.

O governador enfatizou ainda que as equipes de saúde continuarão com o Programa Busca Ativa como prioridade em 2022 para conseguir avançar na vacinação das pessoas com mais de 40 anos que não se vacinaram ou não tomaram a segunda dose ou a dose de reforço.

“Uma das prioridades é seguir com o Busca Ativa para completar a vacinação das pessoas com mais de 40 anos que ainda não se vacinaram ou não tomaram a segunda dose ou a dose de reforço, pois os estudos mostram que, dos óbitos que temos tido, 80% são de pessoas que não vacinadas e 20% são pessoas que não tomaram a segunda dose ou a dose de reforço, portanto iremos trabalhar esse público. Assim, poderemos chegar em fevereiro com a perspectiva de 80% de vacinação completa no Piauí e reduzir ainda mais hospitalizações e óbitos”, declarou Dias.

Cobertura Vacinal

O Piauí já atingiu 82% de vacinados com a primeira dose e 73,77% da população total vacinada com as duas doses ou dose única da vacina contra a Covid-19, ocupando o segundo lugar no ranking nacional, com o maior número de imunizados. “Estamos bem perto da meta de mais de 80% da população vacinada, o Piauí está em segundo lugar nesse quesito e continuaremos trabalhando para alcançar essa meta no início de 2022”, completou o governador.

Fonte: CCom