Geral Nacionais Política

Lula e Dilma parabenizam Boric por eleição no Chile: ‘Vitória progressista’

Os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, comemoraram hoje a vitória de Gabriel Boric, eleito presidente do Chile após superar o adversário de extrema-direita José Antonio Kast. Para ambos, o resultado significa uma vitória da democracia e da luta contra o autoritarismo em todo o continente.

Com 100% das urnas apuradas, Boric conquistou 55,86% dos votos válidos no Chile — mais de 11 pontos à frente de Kast (44,14%). Aos 35 anos, ele se tornará o presidente mais jovem da história do país quando assumir, em 11 de março, substituindo o conservador Sebastián Piñera.

“Parabenizo o companheiro Gabriel Boric por sua eleição para presidente do Chile. Fico feliz por mais uma vitória de um candidato democrata e progressista na nossa América Latina, para a construção de um futuro melhor para todos”, escreveu Lula, pré-candidato do PT para as eleições presidenciais de 2022.

Já Dilma descreveu o resultado das eleições chilenas como um “alento” à América Latina, dizendo que a vitória de Boric representa o fim da “herança maldita” do ditador Augusto Pinochet (1973-1990).

“A vitória consagradora de Boric reescreve a história do Chile e é um alento aos povos da América Latina que lutam contra o autoritarismo. Este jovem esquerdista de 35 anos vence o candidato da direita e joga no lixo a herança maldita de [Augusto] Pinochet”, disse a ex-presidente.

Reação na América do Sul

Chefes de Estado sul-americanos — como Lucho Arce, da Bolívia, e Luis Lacalle Pou, do Uruguai — também escreveram mensagens a Boric.

“Saudamos o triunfo eleitoral de Gabriel Boric, que é o triunfo do povo chileno. A democracia latino-americana se fortalece a partir da unidade, do respeito e, acima de tudo, da vontade de nossos povos. Parabéns ao presidente eleito do Chile”, publicou o boliviano.

Parabenizo o presidente eleito do Chile, Gabriel Boric, e desejo-lhe sucesso pelo bem do povo chileno.Luis Lacalle Pou, presidente do Uruguai, no Twitter

Sebastián Piñera, atual presidente do Chile, desejou sucesso ao substituto e disse confiar que Boric fará o melhor para o país.

“Parabenizo Gabriel Boric pela vitória e desejo a ele todo sucesso em seu governo. Você será presidente de todos os chilenos e terá a missão de unir todos os nossos compatriotas. Todos sentimos amor pelo Chile, e sei que fará o melhor para o país”, declarou.

Parabenizamos Gabriel Boric pela eleição como novo presidente do Chile. Expressamos nosso interesse de seguir trabalhando em conjunto para fortalecer a história e fraterna relação bilateral que nos une. Somos países irmãos.Iván Duque, presidente da Colômbia, no Twitter

O presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda não se manifestou.

Quem é Gabriel Boric

Nascido na cidade de Punta Arenas, a cerca de 3 mil quilômetros ao sul de Santiago, Gabriel Boric se impôs com um programa de esquerda que promete avançar rumo a um Estado de bem-estar social sobre a proposta ultraconservadora de Kast, que pedia “ordem e continuidade neoliberal”.

Vice e ex-líder estudantil, Boric se candidatou à presidência pela coligação Apruebo Dignidad, que reúne a Frente Ampla — da qual faz parte — e o Partido Comunista. Neste segundo turno, ele despertou o apoio de todos os partidos de centro-esquerda.

Somos uma nova geração que entra na política com as mãos limpas, um coração caloroso, mas uma cabeça fria.Gabriel Boric, após votar hoje (19)

A proposta de Boric para o Chile foi praticamente oposta à de Kast: o candidato da extrema-direita era contrário ao aborto e ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, e buscava manter os pilares do sistema neoliberal imposto pela ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).

(Com AFP e RFI)