Geral Internacionais Política

Hora de deixar o partidarismo, diz Biden com início da transição de governo

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou hoje que as eleições acabaram e que é hora de deixar o partidarismo de lado. Ontem, a GSA (Administração de Serviços Gerais, na sigla em inglês) autorizou o início do processo de transição entre os governos.

Desde a eleição de Biden, há duas semanas, o presidente Donald Trump se recusa a reconhecer o resultado da votação. O atual presidente dos EUA vem acusando, sem provas, o processo eleitoral de fraude. O republicano entrou com ações judiciais em mais de um colégio eleitoral para recontagem dos votos.

“As eleições acabaram. É hora de deixar de lado o partidarismo e a retórica projetada para demonizar um ao outro”, escreveu Biden nas redes sociais. “Temos que estar juntos.”

Até então, Trump bloqueava o acesso da equipe de Biden ao processo de transição — segundo a Folha de S.Paulo, sua equipe atuava para que o GSA não assinasse o documento que admite o início do procedimento. A agência alegava, até o momento, que o resultado das eleições ainda não era oficial e, por isso, não poderia autorizar a transição.

No último dia 12, a presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, pediu que os republicanos aceitassem os resultados das urnas para que o legislativo pudesse voltar a discutir pautas importantes. “Parem o circo e comecem a trabalhar no que realmente importa para o povo americano”.

Sem reconhecer a vitória de Biden nas eleições americanas, membros do partido republicano seguiam em uma ofensiva para conseguir a recontagem de votos em estados-chave. (Uol)

Redação