Destaques Geral Local Política

Governador Wellington Dias autoriza expansão do Piauí Conectado para todo o estado

O governador Wellington Dias assinou, nesta sexta-feira (7), o termo aditivo que garante a universalização do programa Piauí Conectado. O projeto, implantado pelo Governo do Estado, através da Agência de Tecnologia da Informação (ATI) e da Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc), vai levar acesso à internet banda larga para mais 123 municípios do estado, alcançando 12 mil quilômetros de rede de fibra óptica.

Atualmente, a rede já está presente em 101 cidades, beneficiando cerca de 2,5 milhões de piauienses. “Estamos lançando o maior projeto brasileiro nessa área da conectividade. Estamos dando mais um passo para o Piauí Conectado que vai chegar a todos os municípios facilitando a vida dos piauienses. Serão investidos R$ 183 milhões neste projeto que vai garantir o uso de uma internet rápida em todo o estado”, afirmou Wellington Dias.

De acordo com o diretor da ATI, Antônio Torres, o Piauí será o primeiro estado a oferecer uma rede de fibra óptica pública. Até 2022 o estado será 100% interligado com fibra de internet de alta velocidade. “É uma estrada que vai possibilitar tanto a oferta de serviços públicos, como outros parceiros privados. Dentro do projeto está prevista a oferta de banda larga para empresas privadas e também para outros poderes públicos”, disse Antônio Torres.

A superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura, explicou que a rede de fibra óptica é a infraestrutura necessária pra levar internet para todos os 224 municípios piauienses e isso é um dos principais objetivos do projeto que, ao ser concluído, vai levar internet a mais de 3 milhões de pessoas. “Milhares de pessoas serão atendidas com internet de velocidade e com garanta principalmente na regularidade da transmissão. Isso é muito importante, pois é por meio da internet que nós conseguimos hoje viabilizar negócios eletrônicos, digitais, melhorar inclusive a condição de vida das pessoas, incluir estudantes com acesso à informação e melhorar o acesso à saúde. É o caminho mais rápido e democrático de unir pessoas”, disse.

O secretário da Fazenda, Rafael Fonteles, ressaltou que dentro do PRO Piauí tem um pilar importante, o PRO Piauí Modernização, e o Piauí Conectado caracteriza bem esse pilar. “E esse projeto leva internet de alta qualidade e velocidade a todo o estado, já garantindo velocidade em todos os órgãos públicos estaduais e convênios com órgãos municipais e oferta para serviços privados. É a modernização garantindo essa conectividade de qualidade”, disse o gestor.

“Até 2022, o Piauí estará conectado com uma rede extremamente moderna, o que vai possibilitar um serviço de qualidade tanto para órgãos públicos quanto para a iniciativa privada”, destacou o diretor-presidente da concessionária SPE Piauí Conectado, Emerson Silva.

O Piauí Conectado é um Parceria Público-Privada (PPP) que fornece internet de qualidade gratuitamente em pontos públicos. Com a expansão, todo o estado passa a ser beneficiado. A autorização para expansão foi assinada em solenidade realizada nesta manhã no Palácio de Karnak, de forma remota, com a presença da superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura; do secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles; do diretor-geral da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), Antônio Torres, e do diretor-presidente da concessionária SPE Piauí Conectado, Emerson Silva. O presidente da Global Task, Edson Luís Ribeiro. (CCom)

Jogo do Poder