Destaques Geral Local Política

Governador recebe trabalhos de câmaras setoriais do Consórcio Nordeste

Em agenda do Consórcio Nordeste, em João Pessoa, na Paraíba, o governador Wellington Dias, juntamente com o governador da Paraíba, João Azevedo, recebeu os trabalhos das equipes da Câmara Temática de Saneamento e da Câmara Temática de Gestão Pública e Inovação Tecnológica com experiências de projetos bem sucedidos nos estados nordestinos. Os trabalhos das câmaras serão utilizados como baliza para implantação de políticas de sucesso em todos os estados do Nordeste.

De acordo com Wellington Dias, os trabalhos realizados pelas equipes técnicas servem como catalisadores de políticas bem sucedidas implantadas em todos os estados nordestinos, e a partir de agora, servirão como exemplo para políticas universais. “É um trabalho feito com quem conhece a realidade de cada um dos 9 estados do Nordeste, com variados setores como da área pública como setor privado que permite garantir a partir de experiências exitosas, seja na área de investimentos próprios com os governos estaduais integrados com os municípios e governo federal, modelagens de parcerias público privado, operações de crédito, permite avançar, dar soluções, fazer entregas”, explica o governador e presidente do Consórcio Nordeste.

Wellington Explica ainda que a partir desses estudos será possível analisar e definir um cronograma a nível Nordeste com políticas com valores e estudos de quando e como serão aplicados para a população.

“Agora nós teremos um plano Nordeste, vamos estabelecer um cronograma com uma carteira de projetos estado por estado, qual o valor necessário para completar toda a população atendida com água potável, com segurança hídrica tanto para parte humana como para animal e indústria, enfim. Como trabalhar e em que tempo e qual o valor necessário, quais as alternativas que temos para os investimentos para área de esgotamento, nessa área de resíduos sólidos, como trabalhar a aplicação de políticas de sucesso em um estado na área vinculada à gestão de pessoas, gestão na área de saúde, educação, social, na área de projetos, ou seja, nas diferentes áreas como implantar e em que tempo é possível isso em cada um dos estados”, complementa.

Fonte: CCom