Destaques Geral Local Política

Governador aprova programa de alfabetização do PRO Educação

O governador Wellington Dias recebeu o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, nesta sexta-feira (26), para tratar de uma das metas do PRO Educação que é a alfabetização de jovens e adultos do estado. Estiveram presentes também a representantes da consultoria da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a equipe técnica da Secretaria de Educação (Seduc).

“O Piauí tem uma preocupação em relação a toda essa geração do século XXI, mas também uma preocupação com uma geração prejudicada, que não teve oportunidade de estudar na idade de certa, nem de se alfabetizar, nem de fazer o Ensino Fundamental e o Ensino Médio, um ensino técnico, muito menos uma universidade. Não nos esquecemos desse público. Queremos colocar na prioridade do Piauí. Assim, aprovamos o programa de jovens e adultos dentro do PRO Educação, que é um programa que vai ter uma meta muito ambiciosa, de alfabetizar cerca de 200 mil pessoas até o final de 2022, garantir aos 224 municípios turmas de alfabetização”, explicou o Dias.

Segundo o governador, este é mais do que um programa de alfabetização. “Queremos elevar a escolaridade com profissão de nível técnico, abrir oportunidade para quem quer estudar. Vamos encaminhar o projeto à Assembleia Legislativa para aprovação e trabalhar a educação de jovens e adultos também como prioridade para o Piauí”, declarou.

Para o secretário de Educação, Ellen Gera, é muito importante falar de alfabetização no contexto do PRO Educação. “Muita gente olha para o PRO Piauí e enxerga investimentos apenas em obras de infraestrutura e aquisição de equipamentos, mas o programa, no âmbito da educação, vai muito além. Vamos trabalhar muito forte nas ações pedagógicas e uma das principais ações é a alfabetização de jovens e adultos, bem como a alfabetização na idade certa”, garantiu.

O gestor acrescenta que o programa de alfabetização de jovens e adultos, já aprovado pelo governador e equipe técnica junto à consultoria da FGV, será encaminhado à Alepi para que possa ser iniciado de fato. “Alfabetizar o Piauí é uma grande meta do PRO Educação para desenvolver nosso estado”, finalizou.

Redação