Geral Local Municipios Política

Francisco Limma denuncia atuação de milícias contra candidatos do PT no interior

O Partido dos Trabalhadores no Piauí denuncia a ação de supostos grupos milicianos que têm atuado para impedir a campanha eleitoral e avanço de candidaturas do PT, no interior do Estado, principalmente em municípios que os candidatos têm grandes chances de ganhar as eleições.

Destaque para a cidade de Milton Brandão, em que um coordenador da campanha do candidato a prefeito pelo PT, no último dia 12 de novembro, registrou um Boletim de Ocorrência, e notificou ao Ministério Público, ameaças sofridas e abusos de poder praticados por ex-policiais à paisana, que teriam sido expulsos dos quadros de suas corporações.

Segundo consta no Boletim de Ocorrência, registrado no Distrito Policial de Pedro II, a vítima relata que seguia em seu veículo numa estrada vicinal quando dois veículos na cor branca, obstruíram a sua passagem. As ameaças teriam sido praticadas por supostos integrantes de grupos milicianos que têm agido na região com a intenção de intimidar as candidaturas do PT.

O presidente do PT no Piauí, deputado Francisco Limma, observa a gravidade das denúncias, que segundo os relatos, estão sendo praticadas por servidores públicos que deveriam zelar pela segurança da população. “A política deve ser democrática e respeitosa. E qualquer ato de ilegalidade deve ser denunciado e investigado pelas autoridades. Como presidente do PT Piauí, faço esse apelo às autoridades para que investiguem essas denúncias, garantindo a ordem, a lei e a democracia”.

Além de Milton Brandão, o Diretório Estadual do PT Piauí recebeu denúncias de práticas semelhantes contra candidatos do PT dos municípios de Cocal, São Francisco de Assis, Castelo do Piauí, Francisco Macedo, Porto e Alagoinha do Piauí.

Confira Boletins de Ocorrência feitos por membros do Partido dos Trabalhadores:

denúncia

Redação