Destaques Geral Local Política

FMS melhora índices de cuidados de segurança do paciente

Teresina melhora índices de cuidados na segurança do paciente com base nos protocolos implantados nas unidades hospitalares. A identificação correta do paciente tem índice de 93% de janeiro a agosto deste ano, tendo sido de 86% no ano passado. O percentual de pacientes avaliados por risco de queda na admissão hospitalar no mesmo período deste ano é de 90% e no ano passado foi de 79%.

Outros dados são relativos à higiene com o uso de materiais de higienização das mãos com sabonete líquido. Nos primeiros oito meses deste ano foi de 35ml por paciente e em todo o ano de 2020 foi de 18ml por paciente. A higienização das mãos com preparação alcoólica que este ano é de 25ml por paciente, em 2020 foi de 20ml por paciente.

Nesta sexta-feira, 17, é o Dia Mundial de Segurança do Paciente e tem como tema: Cuidado materno e neonatal seguro, que foi escolhido pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O tema nacional é: Aja agora para ter uma assistência segura e respeitosa. A segurança do paciente abrange as ações voltadas à redução do risco de dano no cuidado com a saúde.

A coordenadora dos Núcleos de Segurança do Paciente da rede hospitalar da FMS, Jaianna Farias, fala que nessa data são realizadas atividades para tratar do tema escolhido. “As atividades têm o objetivo de sensibilizar pacientes hospitalizados, profissionais de saúde e todos os setores de saúde para fortalecer os Núcleos de Segurança do Paciente em suas unidades, tendo em vista que é obrigatória a implantação desses núcleos em serviços de saúde.”, diz.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, informa que todas as unidades hospitalares possuem núcleo de segurança do paciente. “Temos equipes atuantes e com o cumprimento dos protocolos básicos implantados. Dessa forma estamos melhorando os índices de segurança do paciente que é uma meta constante de todos os profissionais na rede hospitalar”, diz.

Programação

Dia 17, Hospital do bairro Monte Castelo, terá a 1ª Feira de Segurança do Paciente e premiação do vídeo vencedor sobre o tema do Dia Mundial de Segurança do paciente.

Dia 17, Hospital Mariano Castelo Branco (Santa Maria da Codipi) terá dinâmica sobre higienização das mãos e sobre identificação correta do paciente.

Dia 17, no complexo hospitalar do Satélite, às 10h, terá palestra sobre a Campanha Setembro Amarelo. Na UPA, Hospital e maternidade já foram realizadas blitz com as enfermeiras do Núcleo de Segurança do Paciente enfatizando as metas, protocolos e orientação aos profissionais na ampliação da segurança do paciente nos serviços de saúde.

Dia 17, às 17h, Hospital Ozeas Sampaio, bairro Matadouro, acontece uma blitz sobre a importância das notificações para evitar danos que não estejam relacionados a enfermidade do paciente.

Dia 17, Hospital do Dirceu terá palestras e eventos e roda de conversa sobre prescrição médica. Nos dias 13 e 14 teve atividade sobre higienização das mãos.

Dia 17, UPA do Renascença, das 9h às 13h, tem atividade com o público e os pacientes com distribuição de material informativo. Às 16h serão realizadas atividades didáticas voltadas para os profissionais sobre a temática da segurança do paciente.

Dia 17, Hospital e maternidade do bairro Buenos Aires as atividades têm como tema: Aja agora para um parto seguro e respeitoso. Serão realizadas palestras a partir das 9h sobre mortalidade materna e as 15h sobre parto seguro.

Dia 17, no Complexo de saúde do bairro Promorar, terá eventos com o tema: Cuidado Materno e Neonatal Seguro com a produção de vídeos e premiação.

Dia 17, Hospital Municipal da Criança (Parque Piauí), 1ª Feira de Segurança do Paciente e exposição sobre metas de segurança.

Dia 17, UPA do Promorar, dinâmica envolvendo metas de segurança do paciente e distribuição de material educativo.

Jogo do Poder

Fonte: FMS