Destaques Geral Local

Firmino Filho está derrotado e Ciro Nogueira desmoralizado, afirma vereador petista

“O prefeito Firmino tem que botar na cabeça que o mandato dele encerra em dezembro, ele tem que focar em Teresina, mas fez tudo ditatorialmente, sem discutir com a população, e agora está falando em 2022, sinalizando que está derrotado aqui”, afirmou o vereador Dudu Borges (PT), destacando ainda que o senador piauiense Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas (PP), está desmoralizado, pois o seu rompimento com o governador Wellington Dias (PT) não provocou a saída de membros do seu partido da base de apoio governista.

“A esposa do prefeito (deputada estadual Lucy Soares, do PP) foi eleita pedindo votos a Wellington Dias e Haddad, o deputado Firmino Paulo, Hélio Isaías, Margarete Coelho, todos do PP, continuam no governo. Acho que o Ciro Nogueira está desmoralizado, pois ele antecipou o processo eleitoral de 2022”, afirmou o vereador.

De acordo com o vereador petista, Wellington Dias tem dito sempre que não olha só para um lado, até porque ele é governador por um bloco de partidos. “Tiveram uns que racharam, como o PP, que agora se arrogam como os donos Portal da Transparência, com informações de recursos que chegam ao nosso estado. Mas o governador está tranquilo”, frisou.

Em relação ainda a Firmino Filho, Dudu Borges apontou que o prefeito não devia se preocupar com as eleições de 2022. Para o vereador, o prefeito não tem mais o que dizer sobre 2020, não tem como fazer a campanha do candidato dele a prefeito de Teresina (Kleber Montezuma), porque sabe da sua rejeição, por isso vem também antecipando as eleições gerais de 2022.

Redação