Destaques Geral Local Política

Fábio Novo reage à promessa de ‘choque de gestão’ na PMT : porque não fizeram antes?

O candidato a prefeito pelo Partido dos Trabalhadores, deputado estadual Fábio Novo, critica as promessas do adversário que representa a prefeitura de Teresina, ex-secretário municipal de Educação, Kleber Montezuma, ao falar em mudança. “Não adianta falar em ‘choque de gestão’ se a a atual administração está aí a quase 40 anos e a cidade continua enfrentando problemas antigos”, reagiu o petista.

Em mensagens nas redes sociais, Fábio Novo acrescenta que Educação não é só nota do IDEB! “Os professores da rede municipal são verdadeiros heróis deveriam ser mais valorizados”.

Fábio Novo acrescentou que eleito prefeito de Teresina, vai promover a mudança de nível para professor, “que será automática e o 13º salário será pago integralmente no mês de aniversário”.️ E assumiu mais um compromisso: “quero construir dez creches ao ano para resolver o déficit que existe em Teresina. Não acredite em falsas promessas”, advertiu o candidato a prefeito no WhatsApp.

Agricultura familiar

O candidato do PT lembra que Teresina é a capital com a maior zona rural do Nordeste, mas ainda tem cerca de 30 campos de produção totalmente abandonados. “Às vezes, falta uma simples ligação de energia e uma bomba pra puxar a água e também falta assistência técnica para que os agricultores possam produzir. Em 40 anos, a gestão do PSDB não fez nem o mais simples. Teresina não produz nem 1% dos alimentos consome, tudo vem de fora. E pior: metade das comunidades rurais de Teresina não tem água potável. A Prefeitura tem um orçamento anual de 3,7 bilhões. Um sistema de abastecimento de água para 70 famílias custa, em média, 300 mil reais. É ou não é falta de vontade política para resolver uma questão básica da população, que é ter água potável?”, questionou Fábio Novo.

Redação