Destaques Geral Local Política

Fábio Novo destaca planos para áreas de cultura e segurança em Teresina

O candidato a prefeito de Teresina pelo PT, deputado estadual Fábio Novo, citou como uma de suas prioridades, em assumindo a prefeitura a partir de 2021, é transformar a Fundação Cultural Monsenhor Chaves em Secretaria Municipal de Cultura, além de otimizar todos os espaços culturais da cidade, criar escolas de arte nas diversas zonas e fazer com que a o município volte a ter a sua lei de incentivo à cultura, a Arimateia Tito Filho, desativada desde 2012 pela atual gestão do PSDB.

Medidas como essas, segundo ele, vão contribuir também para minimizar os altos índices de violência da cidade.

Com a reativação da lei, Fábio Novo acredita que haverá uma revolução na área cultural da cidade, a exemplo do que ocorreu com as alterações que foram feitas na Secretaria de Estado da Cultura, pasta que ele comandou no Governo Wellington Dias. Como deputado, teve aprovada uma lei que permitiu incentivos à cultura, com o incremento de vários projetos nessa área por parte de segmentos culturais, bancados pela iniciativa privada com a contrapartida de abatimentos em impostos.

O candidato avalia que esse tipo de iniciativa em Teresina pode também prevenir a violência. Ele destaca projetos para a área de segurança, que, pelos dados que obtém, uma das principais preocupações da população de Teresina é com a violência. Ele diz que é preciso fortalecer e valorizar a Guarda Municipal, dialogar com o governo do Estado e reativar os equipamentos sociais, que foram abandonados pela atual gestão. “O que é que é que acontece hoje: temos CSUs (Centros Sociais Urbanos), centros de produção, quadras de esporte e espaços de cultura, principalmente nos bairros mais pobres, totalmente abandonados”, frisa o candidato, afirmando que isso contribui para o aumento da violência.

Outra medida nessa área da segurança, de acordo com Fábio Novo, é dialogar com o Estado. “O grande problema da Prefeitura de Teresina é que ela diz que o problema da segurança não é dela. Mas as pessoas moram é no município. E o principal patrimônio de uma cidade não são os prédios, são as as pessoas”, assinala.

Para Fábio Novo, Guarda Municipal não é só pra cuidar de prédios. Segundo ele, é preciso implantar um centro de inteligência, ampliar e fortalecer a Guarda Municipal, além de viabilizar parceria com o governo estadual. Ele explica que tudo isso junto, com bases implantadas em todas as zonas da cidade, incluindo nesse trabalho os organismos de trânsito e monitoramento eletrônico, com rondas permanentes, as pessoas se sentirão mais seguras porque haverá redução da violência.

Para o candidato, trabalhando a otimização dos espaços sociais e o policiamento ostensivo com parcerias, haverá resposta positiva contra a criminalidade. Essas propostas foram destacadas pelo candidato em live na rede social Facebook.

Agenda de Fábio Novo para esta quinta-feira, 1º de outubro:

14h30 – Sabatina TV Antena 10;
19h – Lançamento da chapa do PC do B no bairro Parque Ideal;
20h – Reunião no bairro Ininga.

Redação